SEGUP | Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social | www.segup.pa.gov.br

Centro Integrado de Comando e Controle, câmeras de reconhecimento facial e veiculares são alguns recursos do que vêm sendo utilizados no estado

De forma inédita, o Pará reduziu a criminalidade violenta por dois anos consecutivos, alcançando reduções de 30% e 20%, nos anos de 2019 e 2020, respectivamente, ao compararmos com o ano de 2018, sendo destaque com a maior queda de crimes em todo o Brasil. Em 2021, o desafio se fez ainda maior: permanecer garantindo a paz social aos cidadãos e combatendo a violência. Para isto, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup) somou  recursos tecnológicos aos esforços humanos que já vinham sendo empregados e ocasionando excelentes resultados.

O maior deles foi a entrega do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) que reúne o que há de mais moderno se tratando em segurança pública no país. O investimento em tecnologia no local inclui três vídeo All de alta definição - o maior com 16 monitores de 55 polegadas full HD e tela 4K - que aperfeiçoam o trabalho desenvolvido pelos profissionais da área.

Os equipamentos permitem ter acesso às câmeras, que também possuem reconhecimento de placa veicular, o que permite a retirada de circulação criminosa e impede que veículos roubados sejam utilizados para cometer outros crimes. Além do CICC foi entregue ainda o novo Centro Integrado de Operações (Ciop 190) e o novo espaço do Disque Denúncia, maior e mais moderno.

O investimento total aplicado é superior a R$ 6 milhões, valor que abrange a obra física, a aquisição de equipamentos, mobília e toda a estrutura necessária ao funcionamento. A obra foi concluída em menos de um ano.

“Os primeiros dois anos de gestão, 2019 e 2020, nós tivemos um esforço muito grande com todas nossas forças humanas pra que nós pudéssemos reduzir a criminalidade. Em 2021, após um ano de pandemia e com concursos ainda em andamento, sem reforço de efetivo, nós tivemos que usar uma estratégia de investir nas tecnologias, na inteligência artificial, nos equipamentos de ponta que existem pelo mundo e isso fizemos contratando tudo que há de melhor no mundo pra ser empenhado em segurança pública e defesa social”, explicou Ualame Machado, titular da pasta.

Os investimentos tecnológicos aplicados no Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPCRC) também refletem na garantia da justiça. Segundo o diretor-geral do CPCRC, o perito criminal Celso Mascarenhas, “dentre os procedimentos adotados como prioritários em 2021, destacamos, oportunamente, os investimentos realizados na iniciativa de implementar tecnologias modernas orientadas para soluções relativas à perícia técnico-científica, perseguindo melhorias que impactam na credibilidade e confiabilidade da Segurança Pública, no aumento da percepção subjetiva de segurança e no emprego científico avançado na implementação de serviços periciais”, afirmou.

Resultados

A implementação adotada pela gestão se materializou em números, como, por exemplo, em 2021, ano em que foram 59.790 exames periciais solicitados, sendo 29.105 do IML e 30.280 do Instituto de Criminalística. Deste quantitativo, foram produzidos laudos periciais que auxiliaram a Justiça, e que mostram a relevância da perícia e como os investimentos são importantes.

Segurança no trânsito

A Polícia Civil passou a contar com novos veículos e equipamentos de ponta. A troca e a modernização da frota foram um conquista do segundo semestre deste ano, com 50 novos veículos e outras viaturas descaracterizadas, que passaram a somar com os trabalhos diários da PC, levando ainda mais segurança à população.

Para garantir a segurança viária em locais de competência do estado, o Departamento de Trânsito também realizou investimentos em novos equipamentos e etilômetros, que garantiram maior efetividade nas operações.

Ainda no início do ano, o Governo do Estado entregou a Central de Operações Viárias – Sentinela. O sistema de videomonitoramento consiste em uma base integrada de operações implantada na sede do Detran Pará. O objetivo é tornar o trânsito mais seguro com o uso da tecnologia, monitorando o trânsito e o fluxo de veículos nos municípios do Estado onde o sistema está presente.

Entre os serviços oferecidos pelo Sentinela estão os controladores de velocidade intrusivo, não intrusivo, estático e lombada, leitores de placa de videomonitoramento, pesagem estatística, pesagem volante, painel de mensagem variada, central de operações e sistemas de apoio. Entre os resultados práticos da Central estão uma diminuição acentuada de acidentes, dados de tráfego para melhoria da gestão do trânsito, melhor utilização das ferramentas de controle, amplo conhecimento do comportamento da frota, redução de custos e melhor alocação de recursos e identificação de padrões de comportamento.

Por Aline Saavedra (Ascom/Segup)

 

Veja Também