SEGUP | Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social | www.segup.pa.gov.br
 

Participantes serão certificados pelo Instituto de Ensino de Segurança do Pará.

Conhecimentos sobre luzes forenses que possibilitam a visualização e identificação de vestígios, como fios de cabelo, superfícies e materiais diferentes, fibras, impressões papiloscópicas, ossos, marcas de calçados e resíduos de pólvora, entre outros procedimentos eficazes para investigação criminal, integram o curso “Perícia de Local de Crimes”, realizado por peritos criminais da Unidade Regional do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPCRC) em Altamira, no Oeste do Estado, como parte do Programa de Capacitação Continuada, organizado pela Coordenação de Aperfeiçoamento e Pesquisa (Coapes) do CPC.

Segundo o perito Douglas Duque, “a capacitação é uma experiência muito positiva, já que o trabalho pericial exige muito estudo e atualização constante das técnicas e procedimentos adotados nas perícias por parte do perito criminal, e também porque durante o curso foi possível aprender metodologias e técnicas de perícia em locais de crime, com um instrutor que possui um amplo conhecimento na área e trabalha com locais de crimes há muitos anos”.

Santarém - Além de Altamira, a capacitação continuada sobre o tema Perícia de Local de Crimes já havia sido realizada nas unidades de Castanhal e Marabá. Nos próximos dias irá contemplar peritos criminais lotados na Unidade Regional de Santarém. “É nosso compromisso fornecer a capacitação aos nossos peritos de todas as unidades, pois prestamos um serviço imprescindível à Justiça, por meio dos laudos periciais”, disse o perito criminal Celso Mascarenhas, diretor-geral do Centro de Perícias Científicas.

O Programa de Formação Continuada aborda temas que envolvem Reprodução Simulada, Perícia Tecnológica, Toxicologia Forense, Perícia Balística, Perícia Ambiental, Odontologia Legal e Química Forense, sempre ministradas por peritos criminais com titulação de mestres e doutores em suas áreas de atuação, em todas as cinco unidades do CPCRC no Estado.

Todo o conteúdo programático foi aprovado pelo Instituto de Ensino de Segurança do Pará (Iesp), responsável pela certificação dos peritos criminais participantes da qualificação.

Por Alexandre Cunha (CPC)