SEGUP | Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social | www.segup.pa.gov.br

Com novos centros de controle e formação profissional, e aumento do quadro de policiais por meio de concurso, governo estadual consolida redução da criminalidade

Com uma população de quase 1,5 milhão de habitantes, Belém chega aos 406 anos de fundação com investimentos do governo do Estado em áreas estratégicas para oferecer serviços e ações que reduzam demandas comuns a grandes cidades, de forma direta ou em parceria com a prefeitura. Na área de Segurança Pública, esses investimentos vêm fazendo a diferença no dia a dia.

O novo Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), da Polícia Militar, foi entregue em 10 de dezembro do ano passado, resultado de um investimento de quase R$ 3,8 milhões. As obras duplicaram a capacidade de formação no prédio: antes, 500 policiais eram capacitados por turno; com a nova estrutura, passam a ser mil.

Um pouco antes, em novembro, o Estado entregou o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), equipado com novas tecnologias disponíveis para a segurança pública no País. Os equipamentos permitem ter acesso às câmeras e fazem reconhecimento de placa veicular, contribuindo para retirar de circulação veículos roubados, para que não sejam utilizados em outros crimes.

Ainda em novembro de 2021 houve o 1º Processo Seletivo Simplificado da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), para reforçar o quadro de servidores enquanto a administração prepara um novo concurso público para o órgão. O último certame para o preenchimento de vagas na Segup ocorreu nos anos 1980.

Aumento do quadro – A realização de concurso público para a Polícia Civil ofertou 1.088 vagas, sendo 265 para o cargo de delegado, 252 para escrivão, 506 para investigador e 65 vagas para papiloscopista.

O concurso para ampliar os quadrados da Polícia Militar ofertou 2.405 vagas, sendo 2.310 para praças e 95 para oficiais. No início deste ano, a PM convocou 732 candidatos que ficaram excedentes no certame para o Curso de Formação de Praças (CFP) e Curso de Formação de Oficiais (CFO). Com a nova chamada, a Polícia Militar passa a contar com 3.137 alunos em formação, que em breve aumentarão o efetivo policial nas ruas.

"Belém hoje vive um novo momento da Segurança Pública, saída do rol das cidades mais violentas do mundo e sendo exemplo de redução da criminalidade. Além da atuação das forças, o uso da tecnologia pesa nesse resultado, com integração verdadeira entre as forças municipais e a federal. Vivemos um tempo de paz e de exemplo para o Brasil", avalia o titular da Segup, Ualame Machado.

Novo Ciop - O Estado também entregou o novo Centro Integrado de Operações (Ciop 190) e as novas instalações do Disque Denúncia, ambos resultado de um investimento superior a R$ 6 milhões, que incluiu obra física, aquisição de equipamentos, mobília e toda a estrutura necessária ao funcionamento com eficiência e comodidade.

Em setembro de 2021 foi assinada a Ordem de Serviço para a construção da nova sede do 20º Batalhão da Polícia Militar, que abrange vários bairros, como Guamá, Jurunas, Terra Firme, Condor e Batista Campos. A obra será construída com recursos do Fundo de Investimento da Segurança Pública (Fisp), orçada em R$ 1,1 milhão. O novo espaço contará com recepção, cinco salas administrativas, auditório, almoxarifado, sala para reservas de armas, três alojamentos, sendo um feminino, armários, banheiros, depósito e copa.

No reforço ao policiamento nos rios e demais cursos d’água, o governo do Estado entregou em menos de 12 meses ao Grupamento Fluvial 16 lanchas, utilizadas no combate à criminalidade. Belém conta com a guarda de duas lanchas blindadas e outra de menor porte.

O Estado investe ainda na formação profissional e em novos servidores. Em outubro de 2020, foi realizado em Belém o I Fórum de Mulheres da Segurança Pública do Pará e o I Encontro Estadual de Guardas Municipais Femininas do Pará, com a participação de profissionais da segurança pública de outros Estados.

O novo prédio da Seccional Urbana da Sacramenta foi entregue em dezembro de 2020. A unidade dispõe de 14 salas climatizadas e estruturadas; banheiros para atendimento ao público com adequação para pessoas com deficiência (PcDs); celas; muros novos e pintura padrão do visual institucional da Polícia Civil.

No espaço agora funciona um Posto de Identificação da Diretoria de Identificação Enéas Martins (Didem), para emissão de carteiras de identidade, complementando o serviço oferecido também na Delegacia-Geral.

Por Carol Menezes (SECOM)

 

Veja Também