SEGUP | Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social | www.segup.pa.gov.br

Agentes do Corpo de Bombeiros Militar prestam atendimento no local do acidente e já iniciaram as buscas pelos desaparecidos. Duas aeronaves do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp) seguem em deslocamento para a região

Desde a tarde da última segunda-feira (27), equipes de agentes das Forças de Segurança do Estado, coordenadas pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup), estão empenhadas na busca e no resgate das vítimas do naufrágio ocorrido no município de Santana do Araguaia. Até o momento, seis pessoas foram resgatadas com vida. Uma criança de oito meses faleceu em decorrência do acidente e seis permanecem desaparecidas. Todas pertencem à mesma família.

“Desde os primeiros momentos que soubemos do triste fato ocorrido em Santana do Araguaia, todas as Forças de Segurança estão empenhadas para minimizar a dor dos envolvidos, de seus familiares e amigos. O Governo do Estado lamenta profundamente e se empenha através do seu efetivo e equipamentos disponíveis, bem como aeronaves, mergulhadores, agentes do Corpo de Bombeiro Militar, Polícia Militar e Polícia Civil, para que juntos possamos elucidar os fatos e encontrar os desaparecidos, buscando, assim, diminuir a dor de cada familiar e amigos das vitimas deste acidente”, falou o secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Pará, Ualame Machado.

 

Efetivo

Agentes do Corpo de Bombeiros Militar prestam atendimento no local do acidente e já iniciaram as buscas pelas vítimas do naufrágio. Duas aeronaves do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp) seguem em deslocamento para a região. Um avião transporta as equipes de mergulhadores, juntamente com equipamentos específicos, para reforçar e auxiliar nas buscas pelos desaparecidos. Um helicóptero está sendo direcionado até o município com o objetivo de prestar apoio nas ações, áreas de busca e salvamento pelas vitimas.

A Polícia Militar está com o efetivo local empregado para auxiliar nas ocorrências e atendimento às vítimas e familiares. A Polícia Civil do município de Santana do Araguaia já instaurou um inquérito para apurar os fatos que levaram ao naufrágio da embarcação. O piloto da embarcação, conhecida popularmente como rabeta, colabora nas investigações.

Por Walena Lopes (Ascom/Segup)

 

Veja Também