Início » Obras melhoram estrutura da segurança pública em Sapucaia e Redenção

Obras melhoram estrutura da segurança pública em Sapucaia e Redenção

Inauguração da Unidade Integrada Pro Paz em Sapucaia, um investimento superior a R$ 1 milhão feito pelo governo do Estado.

 

O município de Sapucaia, no sudeste paraense, recebeu na quarta-feira (5) uma Unidade Integrada Pro Paz (UIPP), resultado de um investimento de R$ 1.134.131,00, feito pelo Governo do Pará. Segundo o secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Luiz Fernandes, já são mais de 80 novas UIPPs no Estado. Com as reformadas e reestruturadas, o total chega a 120 unidades. O titular da Segup destacou que o mais importante não é a estrutura física, mas o conceito adotado pelo governo.

“A UIPP é única no Brasil inteiro, e trabalha com o conceito da integração das polícias e das políticas públicas. A porta de entrada é o atendimento social, para ver se o caso precisa de intervenção policial ou de direcionamento de alguma política pública municipal, estadual ou federal. É importante esse trabalho de integração com a prevenção primária para evitar, principalmente, que nossas crianças e adolescentes entrem para o crime”, salientou.

Além do secretário de Segurança, a inauguração contou com a presença do secretário Regional de Governo do Sudeste do Pará, Jorge Bittencourt; do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Hilton Benigno, e do delegado-geral de Polícia Civil, Cláudio Galeno. Devido à estrutura da unidade contar com várias salas - como a de atendimento psicossocial, do Comando da PM, de escrivão e alojamentos -, o delegado-geral ressaltou que a UIPP garante melhoria no enfrentamento da criminalidade.

“É uma estrutura de primeiro mundo, com sala de reconhecimento, computadores de última geração e, principalmente, um espaço específico para resolução de conflitos. A parceria com a Prefeitura, disponibilizando uma psicóloga, possibilita que os conflitos de menor potencial ofensivo (brigas, ameaças etc.) possam ser resolvidos aqui mesmo, no âmbito da delegacia. Isso traz para a Polícia Civil um melhor enfrentamento”, informou Cláudio Galeno.

Benefício para a tropa - Sapucaia conta com oito policiais militares, incluindo o sargento Josevaldo Teles, que comanda a tropa. Ele explicou que a nova UIPP também vai possibilitar mais conforto aos policiais militares. “É uma estrutura muito boa. A guarnição vai ter mais agilidade e capacidade quando sair para o serviço. Inclusive, estamos com uma viatura nova, com ar-condicionado, para fazer a ronda ostensiva. É melhor para o policial atender bem a população”, destacou.  

O coronel Hilton Benigno esclareceu que uma das vantagens da UIPP é a realização do “ciclo completo da atividade policial, desde o planejamento, em que o comandante da Polícia Militar e o delegado, juntos, podem fazer a análise criminal dos casos na região e definir a melhor estratégia para o enfrentamento, bem como a execução e avaliação do processo”.

Uma novidade da UIPP de Sapucaia será a emissão de carteira de identidade. O prefeito Marcos Venícius ressaltou a importância da parceria com o governo do Estado, que garantiu ao município outros benefícios, como sete quilômetros de asfalto e um veículo para o Conselho Tutelar. O gestor pretende levar o órgão de proteção à criança e ao adolescente para dentro da Unidade Integrada Pro Paz. “Tanto a Polícia Civil quanto a Militar vão ter um espaço maravilhoso para trabalhar e atender a população. Queremos trazer para dentro da UIPP o Conselho Tutelar e a identificação, que vai emitir carteira de identidade para a população”, acrescentou.

Batalhão - De Sapucaia, a comitiva seguiu para Redenção, onde inaugurou o 7º Batalhão de Polícia Militar, um investimento de R$ 2.808.000,00. Atualmente, o BPM conta com 145 policiais, seis viaturas (incluindo a Patrulha Rural) e 12 motocicletas. O comandante do Batalhão, major José Ricardo Chaves, informou que a maior ocorrência no município é roubo de motos, mas pontuou que a maior parte dos veículos é encontrada pela PM na sede municipal de Redenção ou em cidades vizinhas.

Para o comandante de Policiamento Regional V, coronel Erick Fleming, o novo batalhão vai trazer mais comodidade aos policiais que servem no município. “Quem conhecia o antigo prédio via que os policias não tinham um espaço adequado. Agora, estamos em um prédio à altura de uma corporação que presta um serviço ímpar à sociedade, que é garantir a segurança pública”, afirmou.

O secretário Jorge Bittencourt destacou que essas obras e outros benefícios, como a entrega das patrulhas rurais, resultam da ampliação do diálogo com a gestão municipal e a sociedade civil, garantido pelo Centro Regional de Governo. “Com a implantação do Centro Regional, o governo do Estado fortaleceu esse diálogo, essa integração com as regiões sul e sudeste. Tanto em Sapucaia quanto em Redenção fizemos reuniões, como a que geraram demandas. Vale ressaltar que a patrulha rural foi uma demanda que, hoje, atende Redenção, Xinguara, Marabá e outros municípios, e surgiu em uma reunião com o setor produtivo e de segurança pública no Centro Regional, que cumpriu o papel de integrar e fortalecer o diálogo com as prefeituras e a sociedade civil”, avaliou.

Durante a solenidade de entrega do prédio do Batalhão, cinco mulheres que trabalham na corporação há 25 anos receberam homenagens pelos serviços prestados.

Mais investimentos – Sobre os investimentos na área de Segurança Pública, o secretário Luiz Fernandes disse que, atualmente, todos os policiais possuem armamento e coletes individuais, além da arma de uso coletivo, para enfrentar as grandes organizações criminosas. Segundo ele, houve reformulação da frota de veículos, e agora a PM possui mais de 1.700 veículos (entre os de 4 e 2 rodas) e um efetivo com mais de 2.600 policiais militares e mais de 600 policiais civis, possibilitando que todos os municípios disponham de policiais e delegados.

O titular da Segup garantiu que não há municípios sem delegados, ressaltando que os investimentos promoveram ainda a valorização do policial, incluindo o pagamento aos praças do auxílio fardamento duas vezes ao ano e melhoria salarial para todos os policiais.

 

Por Kelia Santos