SEGUP | Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social | www.segup.pa.gov.br

Agência Pará de Noticias. Desde a inauguração da Unidade Integrada Pro Paz (UIPP), na Terra Firme, em Belém, no mês de dezembro, mais de 30 flagrantes de tráfico de drogas já foram realizados pelos policiais civis e militares que trabalham na área. Segundo a delegada Tânia Nascimento, o dado é resultado de um trabalho estratégico que o sistema de Segurança Pública do Estado está desenvolvendo, buscando combater o comércio das drogas para conter a criminalidade. De acordo com Tânia, a repressão ao tráfico de drogas é o principal objetivo da unidade, pois a Polícia acredita que os demais crimes são resultado do comércio de entorpecentes. “Já verificamos que combatendo do tráfico a gente consegue reduzir os outros crimes. Por isso as rondas especiais em viaturas e motocicletas, inclusive, e o monitoramento por câmeras em pontos estratégicos”, ressaltou. Os dados da UIPP mostram a redução, principalmente, nos crimes considerados mais violentos, como o homicídio. Em janeiro de 2010, o bairro da Terra Firme registrou 13 casos. No ano passado, o número reduziu para três homicídios. Em janeiro deste ano, o registro se manteve o mesmo. A delegada afirma que este dado é considerado positivo, mas acredita que, a partir do trabalho que está sendo desenvolvido de repressão às drogas, os índices da criminalidade serão cada vez menores na área. “A delegacia funciona 24 horas por dia, com atendimento especializado à população. Antes a delegacia da Terra Firme funcionava até às 18h e só abria novamente às 8h. Enquanto isso a população tinha que ir a alguma seccional fazer sua queixa. Hoje nós estamos em tempo integral aqui na Unidade Integrada Pro Paz, com rondas especializadas, monitoramento por imagem a partir de sete câmeras instaladas em pontos estratégicos do bairro, buscando combater, principalmente, o tráfico de drogas”, explica a delegada, que destacou também que, com a nova estrutura da Polícia no bairro, o efetivo policial também está maior. Tânia ressaltou a importância de o cidadão realizar denúncias pelo número 181, conhecido como “Disk Denúncia”. Segundo ela, a partir das ligações, que são monitoradas diariamente, a Polícia pode realizar operações e incursões pelo bairro, combatendo a criminalidade. Texto: Thiago Melo - Secom Fone: (91) 3202-0912 / (91) 8411-1391 Email: thiagomelo@agenciapara.com.br Foto: Cristino Martins.

 

Veja Também