SEGUP | Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social | www.segup.pa.gov.br

Agência Pará de Notícias. O Carnaval paraense terá estrutura de Segurança Pública reforçada na capital e nos principais destinos procurados pelos foliões no interior. O secretário de Segurança Pública, Luiz Fernandes, acompanhado dos demais órgãos que formam o sistema integrado de Segurança e Defesa Social do governo, apresentou nesta terça-feira, 14, em Belém, o plano estratégico que será aplicado a partir desta quinta, dia 16, até a quarta-feira de cinzas (22), para garantir a segurança e integridade dos brincantes. Uma das principais metas da operação, de acordo com o secretário, é a redução do número de mortes no trânsito. “O nosso objetivo principal é a redução do número de mortes no trânsito. Por isso vamos trabalhar de forma integrada, com todos os órgãos da área da Segurança Pública do Estado e das outras esferas (municipal e federal). Teremos um reforço de mais 1.500 homens, além do efetivo que já trabalha normalmente em Belém e nas cidades do interior. Vamos atuar com diversas operações em conjunto para garantir um carnaval seguro”, explicou Luiz Fernandes, que afirmou que o plano estratégico foi pensado com base nas estatísticas dos anos anteriores. A Polícia Militar (PM) irá atuar em duas frentes de trabalho operacional. A primeira delas é a operação “Rumo à Folia”, na qual os PMs vão fazer o policiamento ostensivo nas principais vias de acesso ao interior. O objetivo é a redução da criminalidade, principalmente os assaltos, e os acidentes de trânsito. Para isto, 750 policiais trabalharam desde a quinta-feira em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e outros órgãos parceiros. A outra frente de ação da PM será na operação que terá início na sexta-feira, e ocorrerá paralela à “Rumo à Folia”. Será feito o reforço no policiamento ostensivo, com objetivo de reprimir diversas práticas criminosas. A ação acontecerá em 26 localidades do Estado, com reforço de 670 PMs, que se somarão aos quase 10 mil policiais escalados para o período. Os municípios de Vigia, Mosqueiro e Salinópolis receberão os maiores efetivos de reforço durante o período. Policiamento estratégico Para garantir mais segurança, o sistema de Segurança Pública contará ainda com monitoramento por vídeo, levantamento de informações, inteligência integrada e análise de estatísticas durante os dias de folia em diversos municípios. De acordo com Luiz Fernandes, todas as informações coletadas durante as operações serão utilizadas nas operações que o sistema irá desencadear no Estado nos próximos meses. Entre as ações de policiamento estratégico, destaca-se o Centro Integrado de Comando e Controle, que será implantado em Vigia. O comandante da PM, coronel Daniel Mendes, ressaltou que o centro será uma importante ferramenta para oferecer uma resposta mais rápida para a população durante o Carnaval. “O Centro Integrado irá agilizar as tomadas de decisões. Teremos o monitoramento por meio de câmeras em vários pontos do município e, junto com os demais órgãos, poderemos agir de forma mais efetiva contra a criminalidade, com comunicação contínua entre os órgãos e o melhor e mais rápido direcionamento de recursos disponíveis”, explicou o comandante. De acordo com Daniel, Vigia receberá o centro, pois terá um grande contingente de foliões neste período. Ele ressaltou ainda que a Região Metropolitana e o município de Salinópolis já possuem este tipo de fiscalização também. O policiamento reforçado durante o Carnaval contará ainda com o trabalho da Polícia Civil, que atingirá pelo menos 31 municípios. Serão 168 policiais civis e 29 viaturas caracterizadas. A PC participará do policiamento nas barreiras nas estradas e das demais operações nas cidades, reforçando o efetivo nas delegacias para combater e reprimir todos os tipos de crimes. As divisões Especializada em Meio Ambiente e a de Atendimento ao Adolescente também vão dispor de efetivo para fiscalizações em estabelecimentos e locais públicos, bem como vão monitorar as denúncias. “O plano de ação que estamos desenvolvendo vai trazer mais tranquilidade aos brincantes”, destacou o delegado geral Nilton Atayde. Segurança integrada Além das polícias Militar e Civil, também atuam no plano estratégico de Segurança Pública neste carnaval o Detran, o Centro de Perícias Científicas "Renato Chaves", o Corpo de Bombeiros, a Superintendência do Sistema Penal (Susipe) e os demais órgãos municipais e federais de segurança e fiscalização do trânsito. O Detran vai atuar na fiscalização nas barreiras que serão montadas nas estradas e vias de acesso aos corredores da folia. Haverá também trabalho de conscientização para orientar os motoristas contra imprudências no trânsito, que costumam ser a causa de acidentes nas rodovias do Estado nos feriados prolongados. Os agentes utilizarão etilômetros (bafômetros) para constatar e coibir o consumo de álcool pelos motoristas. Este tipo de fiscalização contará com o apoio, ainda, do IML, que terá um posto móvel que percorrerá vários municípios para realizar exame de dosagem alcoólica por meio de avaliação clínica. Vinte e cinco municípios estarão abrangidos pela operação. O Detran contará com efetivo de 105 agentes. Além do apoio ao Detran, o Centro de Perícias também manterá uma equipe nos municípios de Marudá, Salinópolis, Vigia, Cametá, Salvaterra e Bragança. Cada equipe estará equipada com um veículo integrado à polícia com rádio escuta e maletas de Local de Crime (Maletas CSI), e estarão aptas a realizar, 24 horas, exames de crimes contra vida, contra o patrimônio, dosagem alcoólica, constatação de drogas, poluição sonora e identificação veicular. O Corpo de Bombeiros atuará em 27 localidades com serviços de proteção e prevenção balneária. A corporação vai utilizar 450 bombeiros militares, entre guarda-vidas e socorristas e contará com o apoio de 12 embarcações, entre lanchas, ambulanchas, botes e jet ski. Os bombeiros também irão dar apoio às ações nas barreiras das estradas. Um helicóptero, com base no quartel de Santa Izabel, estará de prontidão durante todo o período carnavalesco. A barreira nas vias de acesso ao interior também contará com o trabalho da Susipe, que atuará na fiscalização com consultas ao seu banco de dados, localizando foragidos. Folia na Capital Assim como no interior, o Carnaval da capital também contará com reforço policial. Na Região Metropolitana, com efetivo extra, estarão trabalhando durante todo o período carnavalesco, cerca de 2 mil PMs. Além do policiamento ostensivo, eles atuarão na segurança dos blocos de carnaval e no desfile das escolas de samba em Belém, na Aldeia Amazônica, e nos distritos de Mosqueiro, Icoaraci e Outeiro. Junto com a PM, trabalharão também os bombeiros militares do Estado, com 200 homens, equipados com viaturas de combate a incêndio e ambulâncias. A Guarda Municipal e a Companhia de Transportes de Belém também atuarão com efetivo garantindo a segurança na capital, principalmente durante os eventos. Texto: Thiago Melo - Secom Fone: (91) 3202-0912 / (91) 8411-1391 Email: thiagomelo@agenciapara.com.br Foto: Rodolfo Oliveira Secretaria de Estado de Comunicação Rodovia Augusto Montenegro, km 09 - Coqueiro - Belém - PA CEP.: 66823-010 Fone: (91) 3202-0901 Site: www.agenciapara.com.br Email: gabinete@secom.pa.gov.br

 

Veja Também