SEGUP | Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social | www.segup.pa.gov.br
Números de emergência agora chegam ao conhecimento de mais de 2,6 milhões de paraenses

 

Uma parceria entre a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Para (Segup) e o Grupo Equatorial Energia tem como objetivo dar publicidade aos serviços da segurança pública para toda a população paraense. Agora, os números 190 de urgência e emergência e o 181, disque denúncia, são veiculados na conta de energia elétrica, em todo o Estado.

A divulgação, que teve início no mês de janeiro, tem como objetivo informar ao cidadão os principais canais e ferramentas que a segurança disponibiliza para atender à população. A disseminação deve atingir mais de 2,6 milhões de paraenses.

Para o secretário de segurança pública, Ualame Machado, a parceria é essencial para chegar a todos os lugares do Estado. “O Pará é muito grande e há lugares onde até mesmo a comunicação tradicional é difícil, por isso é importante essa parceria, que poderá levar a cada lar paraense a informação dos serviços da segurança. Esses serviços são uma via de mão dupla, que tanto a população pode solicitar atendimento de urgência e emergência, quanto pode contribuir para a elucidação de crimes”, explicou.

De acordo com o gerente da área de Relacionamento com o Cliente da Equatorial Energia Pará, Haroldo Nobre, a parceria é de extrema importância para todos. “É importante utilizarmos a conta de energia, que é um meio massivo e que chega a milhões de pessoas, para divulgar esse canal de utilidade pública. Cada vez mais pessoas devem saber que têm à disposição o 181 e o 190 para contribuir e utilizar de forma assertiva”, avaliou Haroldo.

Quando usar o 181 e 190 – Apesar dos números estarem disponíveis à população para informar algum acontecimento que necessite da atuação de agentes da segurança pública, o número do Disque Denúncia e o 190 oferecem serviços distintos.

Enquanto o 190, vinculado ao Centro Integrado de Operações (Ciop), atua em ações imediatas, como incêndios, acidentes, assaltos com reféns, entre outros, o 181 é destinado para contribuir com que atos criminosos, que já aconteceram, possam ser solucionados, como recaptura de presos, venda de entorpecentes, localização de veículos roubados, por exemplo. Este número é para fazer denúncias ou dar alguma informação de algum crime.

Após fazer a denúncia, o informante recebe um número de protocolo para que possa acompanhar o processo para, se for o caso, adicione informações. Os dados recebidos são encaminhados aos órgãos competentes para que as devidas providências sejam tomadas.

Por Laís Menezes

 

Veja Também