SEGUP | Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social | www.segup.pa.gov.br

Belém e Ananindeua registram, respectivamente, taxas de 39,27% e 37,1%

Na terça-feira (8), o Pará alcançou a 19º posição no ranking nacional de isolamento, com taxa de 38,13% das pessoas em casa. Belém, entre as capitas, ficou em 21º lugar com taxa de 39,27%. Os dados são da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup).

As cidades com maior registro de desobediência à recomendação de ficar em casa e com baixo índice de isolamento foram Magalhães Barata (29,7), São Geraldo do Araguaia (30,7%) e Eldorado dos Carajás (31,8%). Já as que alcançaram melhores índices foram Chaves (56,6%), Cachoeira do Piriá (55,3%) e Santarém do Piriá (56,6%).

“As pessoas deve manter o uso das máscaras e a higiene pessoal como forma de prevenção e auto cuidado, para combater com responsabilidade a proliferação da doença no nosso Estado", reiterou o titular da Segup, Ualame Machado.

RMB - Na capital paraense e em Ananindeua, foram registrados, respectivamente, os índices de 39,27% e 37,1%. Em Belém, incluindo os distritos, os bairros com as maiores taxas de pessoas em casa foram: Cotijuba (60%), Aeroporto (52,4%) e Terra Firme (51,5%). Já os bairros com menores índices foram Curió-Utinga (3,8%), Cidade Velha (24,3%) e Farol (25,0%).

Em Ananindeua, os melhores índices foram registrados nos bairros Icuí (50,0%), Águas Brancas (45,1%) e Heliolândia (43,4%). As piores taxas foram no Curuçambá (20%), Águas Lindas (26,6%) e Guanabara (28,5%).

Serviço:

O percentual de isolamento nos 144 municípios paraenses e o monitoramento completo estão disponíveis e são atualizados diariamente no site da Segup.

Por Bruna Ribeiro

 

Veja Também