SEGUP | Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social | www.segup.pa.gov.br

Agentes continuarão atuando em Ananindeua, no combate à criminalidade violenta pelo projeto 'Em Frente Brasil'

Ministério da Justiça e Segurança Pública prorrogou por mais 180 dias, na terça-feira (23), a permanência dos agentes da Força Nacional de Segurança Pública, para atuar em ações de ostensividade no Pará. A medida visa dar continuidade ao combate à criminalidade violenta feita pelo projeto "Em Frente Brasil", do Governo Federal. No Estado, os agentes continuarão atuando no município de Ananindeua.

A prorrogação publicada pela portaria nº 339, de 23 de junho de 2020, no Diário Oficial da União, também previu a ampliação do atendimento para os estados do Espírito Santo, Goiás, Pernambuco e Paraná, para cumprimento dos objetivos do Programa Nacional de Enfrentamento à Criminalidade Violenta. 

De acordo com o secretário adjunto de Operações da Segup, Rômulo Rodovalho, a Força Nacional ostensiva vem atuando em diversas frentes ostensivas, juntamente com a Polícia Militar, desenvolvendo diversas ações de barreira, fiscalização, rondas ostensivas noturnas, principalmente nos horários onde a mancha criminal está mais elevada no município.

"Todas essas ações serão mantidas e intensificadas, respeitando o período de prorrogação, que vai até dezembro deste ano. Desta forma, teremos a continuidade do escopo do projeto, auxiliando o Estado como mais uma força de apoio, para que nós possamos seguir a redução que temos atingindo, especialmente nos crimes violentos, que é a essência do projeto 'Em Frente Brasil' - Rômulo Rodovalho, secretário adjunto de Operações da Segup.Segundo a portaria, a prorrogação ocorre por mais 180 dias, contando do período de 25 de junho a 21 de dezembro de 2020. Mais de 40 agentes atuarão no município. O contingente a ser disponibilizado obedecerá ao planejamento definido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), do Ministério da Justiça.

“A continuidade do projeto no nosso Estado vem como mais um apoio às ações que já estamos desenvolvendo para combater a criminalidade. A Força Nacional nos auxilia em ações integradas de prevenção e ostensividade, além de somar esforços às já realizadas pela Polícia Militar. Com essa prorrogação, daremos continuidade ao que já está sendo planejado para reduzir e combater as ações criminosas no município de Ananindeua”, destacou o secretário de Segurança Pública do Estado, Ualame Machado.

O prazo do apoio prestado pela Força Nacional de Segurança Pública poderá ser prorrogado, se necessário, conforme disposto no inciso I, do § 3º, do art. 4º, do Decreto nº 5.289, de 29 de novembro de 2004.

Walena Lopes

 

Veja Também