SEGUP | Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social | www.segup.pa.gov.br

Mais uma Operação da "Força de Ação Rápida", criada pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), foi deflagrada neste domingo (15), em Icoaraci, distrito de Belém. Em conjunto com o Sistema de Segurança, coordenado pela Segup e formado pelas Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e Guarda Municipal, grupamentos realizaram ações de proteção aos servidores penitenciários em situação de ameaça ou vulnerabilidade. 

O operação realizou o patrulhamento preventivo, ação de presença próximo à residência dos policiais penais e abordagens a pessoas suspeitas e veículos irregulares, com objetivo de estabelecer a paz nessas áreas, salvaguardando a vida dos servidores e familiares. 

De acordo com a Seap, a operação se estende para os municípios do interior. Um grupamento do Comando de Operações Penitenciárias (Cope) realizará manobras de segurança nas ruas dos municípios e manutenção dos procedimentos operacionais na casa penal.

Comportamento defensivo

Para reforçar os protocolos de segurança intra e extramuros, palestras sobre comportamento defensivo, bem como para informar os servidores sobre o Protocolo FAR, que faz parte da gestão para proteger e cuidar dos servidores, foram realizadas na última semana, no Presídio Estadual Metropolitano I (PEM I), em Marituba, e Centro de Instrução Especializada da Seap, no Complexo Penitenciário de Santa Izabel. As palestras foram ministradas pelo coronel Maués, comandante do Comando de Operações Penitenciárias (Cope). 

As atividades são ministradas sempre durante cursos de operação de calibre 12 e outras temáticas. O objetivo é falar da importância de estar alerta e manter a conduta correta. Além de mostrar as ações realizadas pela Seap em favor da segurança dos servidores. 

De acordo com o coronel Maués, é importante que os servidores tenham conhecimento sobre a conduta correta dentro e fora das casas penais, assim como conhecer os serviços realizados pela secretaria. "Atuamos de forma efetiva em prol da segurança de cada servidor e precisamos mostrar como eles podem ter nosso apoio. São diversos projetos desenvolvidos para a qualidade de vida e segurança de todos os colaborades operacionais. A SEAP criou a FAR, para atuar de forma direta na proteção dos ameaçados junto com as Polícias Civil e Militar", afirma.

Por Vanessa Von Rooijen (SEAP)

 

Veja Também