SEGUP | Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social | www.segup.pa.gov.br

O Comitê reforça o compromisso do Governo do Pará com as demandas da segurança pública em uma região estratégica para o Estado.

Criado pela Resolução nº 375/2019, do Conselho Estadual de Segurança Pública (Consep), o Comitê Permanente de Segurança Pública do Marajó foi instalado nesta segunda-feira (14), na Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), com a presença de representantes da área de segurança e pública e da sociedade civil.

Durante a reunião foram empossados os novos membros e eleitas a coordenadora-geral, Irmã Henriqueta Cavalcante, da Comissão Justiça e Paz da CNBB Norte 2 (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil); a coordenadora adjunta, advogada Suzany Risuenho Brasil, do Centro de Defesa da Criança e do Adolescente (Cedeca-Emaús), e a secretária, advogada Cristina Carvalho, ouvidora-geral do Sistema de Segurança Pública do Pará.

O secretário adjunto de Operações da Segup, coronel Alexandre Mascarenhas, destacou a importância de um comitê dentro do Conselho Estadual de Segurança voltado especialmente às demandas ao Arquipélago do Marajó.

“Esse comitê reforça nossa preocupação e atenção às causas que envolvem a segurança pública na Ilha do Marajó, um ponto muito estratégico do nosso Estado e que necessita de ações e planejamentos para combater ações criminosas. Com esse comitê voltado às pautas da localidade será possível levantar discussões e alinhar estratégias de extrema importância, com o objetivo de atender à expectativa e garantir melhorias sociais, através de políticas públicas direcionadas à população dessa região”, ressaltou o secretário adjunto. 

O Conselho de Segurança Pública é responsável por discutir políticas públicas, apurar situações, estudar resoluções e propor mecanismos para atuação de diversos órgãos de forma integrada, no âmbito da segurança pública. É formado por representantes dos órgãos do Sistema de Segurança Pública, sociedade civil, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB – Seção Pará), Ministério Público do Estado, Tribunal de Justiça do Estado (TJE) e Assembleia Legislativa do Pará (Alepa).

Por Walena Lopes (SEGUP)

 

Veja Também