SEGUP | Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social | www.segup.pa.gov.br

Imagens das câmeras estão sendo monitoradas, em tempo real, pelas equipes de segurança no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC)

Inteligência artificial e o uso de câmeras corporais (body cam) estão sendo utilizadas nas abordagens e ações policiais durante a operação Círio 2021. O Sistema de Segurança Pública, por meio da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup), investiu em tecnologias com suporte avançado para garantir maior segurança e tranquilidade aos romeiros e turistas que estão na cidade em razão do Círio de Nazaré.

As câmeras corporais (body cam) estão sendo usadas pelos agentes de segurança, de forma individual, durante a atuação nas ruas capturando imagens das abordagens feitas pelos agentes. As imagens das câmeras estão sendo monitoradas, em tempo real, pelas equipes de segurança no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC).

Durante a movimentação do sábado (09) e domingo (10) foram feitas diversas abordagens, entre elas, aos custodiados do Sistema Penal que foram reconhecidos e abordados pelos policiais que faziam a ronda nas ruas, pelo percurso que tradicionalmente ocorre a procissão, para a averiguação da sua situação e levados até a delegacia para a comprovação do alvará de permissão à condicional do Círio.

“Nossos agentes estão abordando os suspeitos de práticas ilícitas, bem como aqueles que já fazem parte do Sistema Penitenciário e se encontram nas ruas, com ou sem a tornozeleira eletrônica para checar se estão sob medidas condicionais permitidas pela justiça”, falou o secretário adjunto de Operações da Segup, coronel Alexandre Mascarenhas.

As imagens das câmeras corporais estão sendo monitoradas no Centro Integrado de Comando e Controle, onde equipes dos órgãos de segurança de maneira integrada estão trabalhando para garantir segurança, tanto à população quanto aos agentes que estão atuando nas ruas.

“As imagens das câmeras corporais estão sendo espelhadas no Centro Integrado para dar maior legitimidade às ações e abordagens dos agentes de segurança nas ruas. As câmeras mostram tanto se essas atuações estão sendo cumpridas dentro da lei, bem como resguardando os agentes, além de auxiliar nas decisões estratégicas para flexibilizar o planejamento, com cruzamento de informações entre os órgãos, e assim trazer um êxito maior para a operação”, pontuou o secretário de Operações da Segup.

Por Walena Lopes (Ascom/Segup)

 

Veja Também