Governo entrega importantes obras em Marabá e anuncia investimentos na região

Voltar
A obra garante mais saúde e qualidade de vida para a população

Agência Pará de Notícias.

Nesta sexta-feira (6), um dia após completar 105 anos de emancipação, Marabá, município de forte vocação mineral e agrícola que o faz principal centro socioeconômico do sudeste paraense, recebeu importantes obras e serviços do Governo do Estado. Em destaque, investimentos nas áreas da saúde, educação, saneamento básico e segurança. As cerimônias contaram com a presença do governador Simão Jatene, parlamentares, prefeitos da região, entre outras autoridades.

Durante a agenda de governo no município foi entregue oficialmente à população a nova Estação de Tratamento de Esgoto Sanitário (ETE) da Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa), o bloco IV do campus VIII da Universidade Estadual do Pará (Uepa) e mais de 90 veículos para unidades militares de Marabá e municípios da região. Além disso, também foi entregue à prefeitura 13 caminhões coletores de resíduos sólidos e assinado um termo aditivo para aquisição de equipamentos de hemodiálise para o Hospital Regional do Sudeste do Pará - Dr. Geraldo Veloso (HRSP), entre outros convênios.

A agenda de governo teve início com a entrega da Estação de Tratamento de Esgoto Sanitário, um moderno sistema de saneamento básico com capacidade para atender 86 mil habitantes. A primeira etapa da ETE representa um investimento de mais de R$ 117 milhões, parte com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), através de empréstimo junto ao FGTS no valor de R$ 78,20 milhões, e mais R$ 38,97 milhões do Tesouro do Estado.

Para o presidente da Cosanpa, Cláudio Luciano da Rocha Conde, essa é mais uma importante obra que garante mais saúde e qualidade de vida para a população. “Investir em um sistema moderno como este é um ganho muito grande para todos. Essa é uma das mais importantes ações de saúde que o Estado pode garantir”, afirmou. Entre os bairros beneficiados estão o Amapá, Novo Horizonte e todo o núcleo da Nova Marabá, o que representa a maior cobertura de esgoto do Estado.

O sistema consiste na coleta e tratamento, por meio de filtragens, dos dejetos da rede de esgotamento sanitário de residências. Na primeira fase coletam-se os resíduos in natura das residências, a partir das redes coletoras, e separam-se as substâncias sólidas das líquidas; o segundo passo, denominado Digestor Anaeróbico de Fluxo Ascendente (Dafa), trata as substâncias separadas no processo anterior com o auxílio de bactérias anaeróbicas, que limpam a água por meio de um processo químico; por fim, a água limpa vai para uma calha e ao final do processo, retorna ao efluente com aproximadamente 90% de pureza.

A estação vai produzir resíduos, como o lodo, que poderá ser aproveitado como fertilizante orgânico por empresas ou projetos voltados à agricultura. Todo o tratamento também produz gás metano, que será captado e armazenado numa estação de biogás que, futuramente, poderá ser reutilizado na produção de energia renovável.

Na primeira etapa foram instalados 35,85 Km de rede coletora. A fase agora é de implantação das ligações intradomiciliares. As primeiras 1.958 instalações dentro das residências serão gratuitas para os clientes. Com a implantação total das ligações estima-se que 18,7 mil habitantes sejam contemplados com o serviço de coleta das três estações elevatórias dos efluentes já instaladas, cada uma com grupo gerador de energia próprio, o que evitará interrupção do processo, caso ocorra queda repentina de energia.

Educação superior

Além da área de saneamento, a educação no município também ganhou atenção especial com a inauguração do novo prédio do Campus VIII da Uepa. A estrutura contou com um investimento superior a R$ 15 milhões, incluindo aquisição de equipamentos. "Com esse espaço estamos avançando na garantia da formação cada vez maior e melhor de profissionais em nosso Estado", afirmou o governador Simão Jatene.

O prédio de três pavimentos foi construído em um terreno de 1.600 metros quadrados e possui 12 salas de aulas gerais e mais seis para tutoria, além de espaço para as coordenações dos cursos de graduação; professores, reunião, informática; laboratórios, uma piscina, entre outros. O local também possui elevador e estrutura adaptada para pessoas com deficiência.

O reitor da Universidade, Rubens Cardoso, avalia os investimentos na instituição como uma conquista da população paraense, particularmente da população do Carajás, sudeste do Pará. "Existe nesse Campus mais de 17 municípios envolvidos, com alunos egressos de diversas áreas, portanto mais do que uma conquista da Universidade ou do próprio governo do Estado, é uma conquista da população que tem ao seu dispor uma estrutura voltada para qualificação e formação de capital humano, sobretudo nessa área de saúde", afirmou Rubens Cardoso.

"Precisamos formar cada vez mais e melhor, para dar conta hoje de toda a rede que a gente tem de hospitais regionais e de atendimento de oito milhões de paraenses que estão distribuídos em todo o Estado", completou o reitor.

A comunidade acadêmica aprovou a estrutura. Entre os estudantes da área da saúde que usufruem do novo espaço estão Samuel Cardoso Sá e Jorge Augusto Macêdo, do 5º ano do curso de Medicina. Eles contam que as aulas agora são mais dinâmicas e o aprendizado flui melhor. "Como integrantes da primeira turma de medicina tivemos uma grande expectativa que agora é concretizada. Temos uma estrutura que não deixa a desejar a nenhuma outra universidade, com corpo docente e laboratórios que dão um ânimo melhor no aprendizado", afirmou Samuel, de 22 anos.

"A gente já dispunha de ótimos professores e agora com uma infraestrutura dessa vamos poder nos preparar melhor para lidarmos com situações reais do dia a dia e salvar vidas. Temos todos os equipamentos necessários para termos uma formação padrão em todos os sentidos", destacou o universitário Jorge Augusto Macêdo.

O professor da disciplina de Habilidades Médicas e coordenador adjunto do curso de Medicina da UEPA/Marabá, David Tozetto, reforçou a importância do espaço para a comunidade acadêmica. "Temos uma estrutura onde o aluno se sente melhor e pode desenvolver várias atividades de ensino e pesquisa. A formação médica hoje em dia passa muito por simulação e é essencial ter material, bonecos e todo o aparato para que a gente possa fazer um ensino adequado e, desta forma, preparar os acadêmicos para os desafios da profissão", ressaltou.

Ao todo, mais de 700 alunos de 29 turmas serão beneficiados com a nova estrutura, que engloba além de Medicina, os cursos de Biomedicina, Engenharia Florestal, Ciências Naturais – Biologia, Física e Química, Licenciatura em Letras Libras, Engenharia Ambiental, Engenharia de Produção, Tecnologia de Alimentos e Licenciatura Intercultural Indígena.

Entre os alunos de outras graduações que usufruem do novo espaço estão as estudantes do 3º semestres de Física, Ester Souza e Hanna Moraes. "Utilizamos muito os laboratórios para análise de materiais nos microscópios, colocando em prática o conhecimento teórico repassado em sala de aula. Essa é uma estrutura que só vem a somar com o nosso aprendizado", contou Ester. "Outro local que utilizamos muito é a sala de informática. Agora temos mais computadores disponíveis para pesquisa, todos novos e muito bons, além de um espaço mais amplo e confortável", festejou Hanna.

O governador Simão Jatene, em seu discurso, fez questão de destacar e agradecer os verdadeiros financiadores das obras. “Todas elas (as obras) são uma vitória coletiva e pertencem a todos os cidadãos do Estado que pagam o imposto que permite esse tipo de investimento. Faço questão de ressaltar que sou apenas um instrumento nesse contexto. Mas isso tudo só é possível graças às contas equilibradas do Estado”, avaliou o governador.

Investimentos

A agenda no município seguiu no Centro Regional de Governo, localizado no Carajás Centro de Convenções. No local foram assinados convênios que garantem mais investimentos nas áreas de saúde e segurança. O primeiro deles foi o termo aditivo para aquisição de equipamentos de hemodiálise para o Hospital Regional do Sudeste do Pará - Dr. Geraldo Veloso (HRSP).

Ainda na área da saúde, também foram assinados convênios entre o Governo do Estado, através da Sespa, com as prefeituras da região para ampliação dos Hospitais Municipais. O governo do Estado garantiu ainda, por meio da Secretaria de Transportes (Setran), apoio emergencial a municípios atingido pelas fortes chuvas da época.

As ações seguiram com a entrega oficial de 13 caminhões coletores de resíduos sólidos à prefeitura de Marabá. A aquisição dos veículos representa um investimento de R$ 4,19 milhões. A frota, composta por dois caminhões poliguindaste, dois caminhões limpa fossa e nove caminhões compactadores - foi repassada pela Secretaria de Estado de Obras Públicas (Sedop), em dezembro de 2017.

Houve ainda a assinatura do Termo de Acordo de Cooperação Técnica do Projeto de Supervisão Militar, objetivando a realização das atividades específicas na Escola Municipal Rio Tocantins e a entrega de linha de crédito do CredCidadão, entre outros benefícios.

"Parcerias são fundamentais para o crescimento do município e do Estado como um todo e é importante que elas possam ser cada vez mais ampliadas. A cidade agradece por todos os benefícios entregues hoje e por outros que ainda virão", disse o prefeito do município, Sebastião Miranda Filho.

Mais investimentos

Para fomentar ainda mais o lado empreendedor e de negócios na região, foi inaugurado no último mês de dezembro o Carajás Centro de Convenções Leonildo Borges Rocha. O empreendimento, localizado na rodovia Transamazônica, no bairro Nova Marabá, é um dos maiores e mais modernos espaços do tipo no Brasil. Os investimentos na obra chegam a R$ 31 milhões.

Ao todo, são 13 mil metros quadrados de área construída em um terreno de mais de 33 mil metros quadrados, abrigando quatro grandes espaços, entre eles um exclusivo para feiras, grandes shows e convenções, com 4,8 mil metros quadrados e capacidade para abrigar mais de dez mil pessoas e toda a estrutura e segurança necessárias para receber grandes eventos.

O segundo bloco abriga ambientes climatizados como área administrativa, praça de alimentação, restaurante e lanchonete. O terceiro contempla um teatro com mil lugares e uma sala multiuso de mil metros quadrados com capacidade para 400 pessoas e que pode ser subdividida em dez espaços menores, com 40 poltronas cada. Já o quarto prédio tem um auditório para 520 pessoas, que pode ser dividido em cinco células de 104 lugares cada.

O Centro de Convenções abriga também o Centro Regional de Governo, que tem como objetivo promover a governança compartilhada e aproximar a administração estadual das prefeituras dos municípios que compõem as regiões Carajás e Araguaia.

Segurança

Na última semana, os novos policiais que reforçarão o efetivo nas regiões sul e sudeste do Pará foram apresentados em cerimônia realizada no Centro de Convenções. Na Superintendência da 10ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp), em Marabá, que abrange 16 municípios do sudeste paraense, foram lotados 91 policiais, incluindo 11 delegados.

Já na Superintendência da 13ª Risp, em Redenção, com jurisdição em sete municípios do sul do Estado, foram 40 novos servidores, incluindo delegados. E, em breve, estará em atividade o 1º Comando de Missões Especiais (Cime). O prédio, anexo ao quartel do 4º Batalhão de Polícia Militar (BPM), está em fase de finalização da instalação elétrica e licitação de mobílias. A companhia contará com o efetivo de 110 policiais, com atuação do Batalhão de Choque, Rotam (Ronda Tática Metropolitana), Cavalaria e COE (Companhia de Operações Especiais).

O município receberá, ainda neste semestre, uma Unidade Integrada Pro Paz (UIPP), que irá integrar a Delegacia de Atendimento à Mulher e ao Adolescente (Deam/Deaca) e todo o suporte logístico para instauração de inquéritos.

Agenda de governo - A agenda de governo pelo sudeste paraense teve início pela manhã com a assinatura de convênios, atendendo a demandas de nove cidades atingidas pelas enchentes: Itupiranga, Pau d’Arco, São Félix do Xingu, Santa Maria das Barreiras, Eldorado do Carajás, Água Azul do Norte, Rio Maria, Bannach e Xinguara. O objetivo é recuperar a trafegabilidade nessas localidades e assegurar o direito de ir e vir da população.

Por Lidiane Sousa 


 

 

 

Pro Paz

 

 

Disque Denuncia

 

expresso pará - webmail

 

 

 

 

 

Copyright 2018 SEGUP - Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social

Endereço: Rua Arciprestes Manoel Teodoro, 305 - Batista Campos - Belém PA, CEP: 66023-700

Fone: (91) 3184-2500

E-mail:segup.ascom@gmail.com

Desenvolvimento: PRODEPA  Usando CMS livre - Drupal  Sítio Acessível