Moradores do Benguí participam da ação ‘Prevenção é Segurança’

Voltar
Além de vários serviços, foram emitidas 300 carteiras de identidade

Agência Pará de Notícias.

Operações policiais, cumprimento de medidas e rondas táticas são algumas das ações dos órgãos de Segurança Pública facilmente percebidas pela população. Mas, além das ações de repressão, a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) atua com medidas de prevenção a criminalidade, a violência e ao uso de drogas.

Nesta sexta-feira, 6, moradores do Benguí, em Belém, participaram da ação ‘Prevenção é Segurança’ realizada no espaço Tia Anísia, no próprio bairro. A ação busca aproximar a população dos órgãos de segurança, mostrar que existem trabalhos de prevenção e repressão, além de oferecer serviços, como a emissão de 300 carteiras de identidade, emissão de carteira do SUS, testes rápidos, vacinação, apresentações das bandas da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, ações culturais, entre outros.

Durante a ação, os moradores conheceram os serviços oferecidos pelo Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA), que levou ao público animais empalhados que foram capturados em situações de maus tratos, e não sobreviveram. Houve o alerta também para a proibição de comercialização de animais silvestres.

Por meio de jogos educativos e desenhos oferecidos pelo Departamento de Transito do Pará (Detran), crianças aprenderam lições de como devem se comportar ao transitarem pelas ruas a pé, de bicicleta ou dentro de um veículo.

Helicópteros do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp) chamavam a atenção de adultos e crianças. Durante a exibição foi explanado a importância de viaturas aéreas para atender a socorros médicos e resgates, por exemplo, de maneira ágil e segura dentro de um estado de grande dimensionamento como o Pará.

Rúbia Cardoso foi ao local para emitir a segunda via da carteira de identidade e aproveitou a programação completa. “Estava precisando do RG e não podia perder essa oportunidade. Acabei participando de quase tudo e gostei muito. Acho importante nós conhecermos o papel da segurança, porque o nosso bairro tem um grau de periculosidade considerada, envolvendo crianças e adolescentes. E isso tudo nos mostrou que segurança não é apenas prender”, afirmou a moradora.

A ação é realizada por meio da Diretoria de Prevenção (Diprev) da Segup com a parceria de diversos órgãos. Para a diretora da Diprev, delegada Sílvia Rego, somente com a união dos órgãos de segurança pública e as famílias será possível construir um futuro melhor.

“Não é a repressão apenas que vai fazer com que os índices de violência caminhem para um patamar aceitável. É preciso um trabalho conjunto, entre os órgãos de segurança, com a comunidade, com a família, tendo os responsáveis presentes na vida de crianças e jovens para o resgate de valores, para juntos atuarmos na construção de uma sociedade melhor e de paz”, concluiu a delegada.

Por Cléo Soares 


 

 

 

Pro Paz

 

 

Disque Denuncia

 

expresso pará - webmail

 

 

 

 

 

Copyright 2018 SEGUP - Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social

Endereço: Rua Arciprestes Manoel Teodoro, 305 - Batista Campos - Belém PA, CEP: 66023-700

Fone: (91) 3184-2500

E-mail:segup.ascom@gmail.com

Desenvolvimento: PRODEPA  Usando CMS livre - Drupal  Sítio Acessível