Equilíbrio Fiscal garante ao Pará acesso à linha de crédito para a Segurança Pública

Voltar
O plano para financiamento aos Estados para reforçar o aparelhamento das polícias, via empréstimo do BNDES, foi anunciado pelo presidente Michel Temer, em reunião com governadores de todo o país

Agência Pará de Notícias

O Governo do Pará é um dos estados que está apto a pleitear a linha de crédito que o Governo Federal irá disponibilizar aos Estados para aplicação em segurança pública. O plano para financiamento aos Estados para reforçar o aparelhamento das polícias, via empréstimo do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), foi anunciado pelo presidente Michel Temer, em reunião com governadores de todo o país, no dia 1º de março, no Palácio do Planalto, em Brasília.

A linha de crédito anunciada é do BNDES: R$ 42 bilhões em cinco anos, sendo R$ 5 bilhões em 2018. Apenas dez estados dos 27 possuem notas A e B no rating (Notas emitidas por agências de classificação de risco sobre a qualidade de crédito) do Tesouro Nacional, com equilíbrio das contas públicas e fiscal. O Pará, inclusive, é um dos dois estados com nota A, ao lado do Espírito Santo. Só quem tem nota A e B pode contrair empréstimo, pois tem solidez fiscal, o que é uma exigência do BNDES e do Tesouro para novos empréstimos. Como o Pará tem rating A e um dos menores endividamentos do país, ele está credenciado a solicitar o empréstimo.

“Colocamos em prática uma nova forma de gestão e governança. A missão não é fácil, mas as medidas de austeridade foram fundamentais para que hoje todos os nossos servidores estejam recebendo em dia, enquanto alguns estados, como Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e tantos outros, ainda padecem com suas dívidas. Também estamos conseguindo fazer investimentos em áreas estratégicas e entregar importantes obras que estão mudando a realidade da população em todo o Estado”, ressalta o governador Simão Jatene.

Equilíbrio Fiscal

Nos últimos anos o Governo do Pará conseguiu manter a meta de diminuição de custos com a máquina pública em 30%, o que representa uma economia de aproximadamente R$ 150 milhões, no período de 2013 a 2017. O resultado é o salário do funcionalismo público pago integralmente, e em dia, e o investimento constante em obras de infraestrutura, saúde, educação e segurança, contemplando todas as regiões.

Um dos grandes desafios de Simão Jatene ao assumir o governo em 2011, em seu segundo mandato, foi manter o Pará em uma situação de equilíbrio fiscal e financeiro diante do volume de dívidas recebidas da administração anterior.

Pelo quarto ano consecutivo, o estado do Pará conquistou do Tesouro Nacional, do Governo Federal, a nota "A" na avaliação do equilíbrio das contas públicas. A nota final do índice Capag (Capacidade de Pagamento) é resultante da avaliação combinada de endividamento, poupança corrente e liquidez. Os ratings vão de A a D. Apenas o Pará e o Espírito Santo conquistaram essa nota, mesmo em meio à crise que atingiu o país nos últimos anos.

O Distrito Federal e 16 Estados - Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Minas Gerais, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Roraima, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins - não têm nota de crédito que permita receber a garantia.

Minas - um dos Estados mais endividados - nem sequer tem nota, porque não publicou todos os relatórios necessários para o cálculo do indicador. Os demais Estados e o DF tem rating C ou D. Os Estados mais endividados e com problemas mais críticos na área, porém, terão dificuldades para acessar os recursos, pois não se enquadram nas regras do Tesouro Nacional para receber garantia da União.

Por Márcio Flexa 


 

 

 

Pro Paz

 

 

Disque Denuncia

 

expresso pará - webmail

 

 

 

 

 

Copyright 2018 SEGUP - Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social

Endereço: Rua Arciprestes Manoel Teodoro, 305 - Batista Campos - Belém PA, CEP: 66023-700

Fone: (91) 3184-2500

E-mail:segup.ascom@gmail.com

Desenvolvimento: PRODEPA  Usando CMS livre - Drupal  Sítio Acessível