Segup reforça policiamento em 137 localidades durante a “Operação Carnaval”

Voltar
Os municípios de Salinas e Vigia, assim como o Distrito de Mosqueiro, receberão atenção especial do Departamento de Trânsito do Estado devido ao grande movimento de pessoas e veículos.

Agência Pará de Notícias

O Carnaval 2018 contará com o reforço de agentes de segurança em 137 localidades do Estado que tradicionalmente recebem grande fluxo de pessoas durante as festas do período, como os municípios de Cametá, Vigia, Abaetetuba, Óbidos, Bragança, São Caetano de Odivelas, Curuçá, Colares, Tucuruí, além dos distritos de Mosqueiro, Outeiro e Icoaraci.

O esquema operacional da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) será posto em ação de 9 a 15 de fevereiro e tem a finalidade de prevenir a criminalidade e as mortes no trânsito, garantindo, assim, a tranquilidade dos foliões e da população em geral, e ainda de preservar patrimônios históricos, como igrejas e outros espaços públicos existentes nessas localidades.

Ao todo, cerca de seis mil agentes de segurança estarão atuando na Operação Carnaval 2018. Somente da Polícia Militar serão quase 3.500 militares a mais. Eles cumprirão a chamada “jornada extraordinária”, em um trabalho direcionado à capital e às cidades com maior concentração de foliões, ou ainda que sediem balneários com grande fluxo de banhistas. Assim como os policiais militares, homens e mulheres do Corpo de Bombeiros e agentes de trânsito estarão atuando, de forma integrada, com os demais órgãos do Sistema de Segurança Pública.

Em Belém, o Comando da Polícia Militar planejou o reforço do policiamento em decorrência do feriado e da maior visitação a pontos turísticos e outros espaços de lazer, como o Portal da Amazônia, o mercado do Ver-o-Peso, a Estação das Docas, a Basílica Santuário de Nazaré e o Mangal das Garças. A Segup manterá a rotina das operações em todo Estado, entre elas “Lei Seca”, “Saturação”, “Barreira”, “Duas Rodas”, “Hypnus”, “Estradas” e “Guardas Vidas”.

Integração – A Operação Carnaval foi planejada pela Segup sob a coordenação das Secretarias Adjuntas de Gestão Operacional (Sago) e de Inteligência e Análise Criminal (Siac) que atuarão, de forma integrada, com as Polícias Civil e Militar, Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran), Corpo de Bombeiros Militar, Centro de Perícias “Renato Chaves”, Centro Integrado de Operações (Ciop), Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp), Grupamento Fluvial de Segurança Pública (Gflu), além de órgãos municipais, como a Secretaria Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) e a Guarda Municipal.

Diminuir acidentes vítimas – Os números do período do carnaval demonstraram que muitos motoristas ainda insistem em dirigir sob efeito de álcool. Foram 97 casos em 2017, contra 102 em 2016, uma queda de 5%, mas que merece atenção. Ainda nas estradas, foram registradas 14 mortes provenientes de acidentes automobilísticos, 52% a menos que em 2016, quando se registrou 29 mortes.

Redução da criminalidade – No carnaval do ano passado, os dados do Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp) gerenciados pela Segup apontaram para uma redução de 28% no número de homicídios no Estado: em 2017 foram computados 55 casos, enquanto que em 2016 foram 76 homicídios. Contudo, na capital houve um aumento de 55%, com 11 registros no ano de 2016 contra 17 no carnaval do último ano.

Na quadra carnavalesca, os registros de latrocínio também reduziram em 2017 na comparação com 2016. No ano passado, foram seis pessoas mortas após assaltos, já em 2017, apenas uma. Ocorrência que costuma ser expressiva na época de feriados, o roubo também apresentou queda de 38%, sendo 1.185 em 2017 e 1.897 em 2016.

Polícia Militar – Exatos 873 policiais militares vão se deslocar de Belém para reforçar a segurança no interior do estado. Serão garantidas 3.496 jornadas operacionais para policiais militares. O serviço extraordinário é remunerado e autorizado pelo Comando Geral da PM.

A PM atuará com os Comandos de Policiamentos da Capital, da Região Metropolitana, assim como os Comandos de Policiamento Especializado, de Missões Especiais, Ambiental e os 15 Comandos de Policiamentos Regionais.

Polícia Civil - A Polícia Civil reforça o planejamento de atuação durante o carnaval deste ano. Ao todo, 127 servidores participarão da "Operação Carnaval 2018" e reforçarão o efetivo em 23 delegacias do interior do Estado e da Região Metropolitana de Belém. A operação contará, ainda, com equipes especializadas, em parceria com outros órgãos governamentais. Serão empregadas 26 viaturas, disponibilizadas pela coordenação da operação. A ação será pontual nos municípios turísticos, que por conta do carnaval receberem maior fluxo de turistas e visitantes.

Policiais civis atuarão em Outeiro, Mosqueiro, Apeú (Castanhal), Colares, Curuçá, Marapanim, Marudá (Marapanim), São Caetano de Odivelas, São Miguel do Guamá, Vigia de Nazaré, Abaetetuba, Cametá, Ponta de Pedras, Salvaterra, Soure, Bragança, Ourém, Peixe-Boi, São João de Pirabas, Salinópolis, Breves, Tucuruí, Marabá, Alter do Chão (Santarém) e Óbidos. Todo o trabalho será supervisionado pelo delegado geral, Rilmar Firmino, e pela delegada geral adjunta, Christiane Ferreira.

Reforço – Todas as delegacias do Estado contam com equipes de reforço para registro de boletins e atendimento de ocorrência, quando for o caso. Durante a ação policial, a Divisão de Polícia Administrativa (DPA) cuidará do trabalho de registro, licenciamento e fiscalização de estabelecimentos de diversões públicas, bares, lanchonetes, restaurantes, hotéis, motéis, pousadas e similares nos municípios que possuem grande potencial turístico.

A Divisão Especializada de Meio Ambiente (DEMA) fiscalizará a incidência de poluição sonora originada de veículos particulares e/ou estabelecimentos diversos, desenvolvendo trabalho integrado de natureza educativa, preventiva e repressiva.

Resgate e urgência em áreas integradas – O Corpo de Bombeiros Militar fará o emprego de 680 militares em trabalho de guarda-vidas, resgate rodoviário e prontidão. Do total de bombeiros militares programado para atuar no período do carnaval, 418 estarão atuando em oito áreas integradas do estado, localidades onde há concentração de balneários, a exemplo de Salinópolis, Algodoal, Colares, Santarém, Óbidos, Tucuruí e Soure.

Para o trabalho de prontidão, direcionado ao carnaval de rua, o CBM contará com o trabalho de 212 militares. Somente para a programação dos quatro dias de carnaval de Belém está programada a atuação de 60 bombeiros, enquanto que na região do Guamá haverá outros 55. Serão empregadas 22 embarcações, entre lanchas, motos aquáticas e botes. O CBM atuará com cinco bases de resgate, 24 horas, em Santa Maria (BR-316), Santa Rosa (Vigia de Nazaré), Nova Timboteua, Santa Luzia e Mosqueiro (PA 391). Um total de 12 veículos darão suporte no trabalho operacional.

Detran - Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran) promoverá, entre os dias 07 e 15 de fevereiro, ações direcionadas à quadra momesca. O trabalho direcionado à Lei Seca insistirá no slogan “Se beber, não dirija”. Os municípios de Salinas e Vigia, assim como o Distrito de Mosqueiro, receberão atenção especial devido ao grande movimento de pessoas e veículos. Mas a operação chegará com força também em Bragança, Marudá, Cametá, Conceição do Araguaia, Tucuruí, Abaetetuba, Altamira, Maracanã, Curuçá, Alenquer e Soure, municípios que a cada ano apresentam maior movimento no período do Carnaval.

Nos moldes dos anos anteriores, a ação vai contar com agentes de educação de trânsito e de fiscalização. Os agentes educadores farão o trabalho preventivo junto aos condutores e seus familiares, com palestras, vídeos e atividades lúdicas para crianças em parques, praças e locais de grande acesso. Já os agentes de fiscalização farão o monitoramento de trânsito, abordando os condutores nas estradas, checando as condições de trafegabilidade e documentação de veículos e do condutores além de níveis de alcoolemia e outras substâncias tóxicas.

Fiscalização eletrônica – Está confirmado também o uso de radares móveis nas rodovias estaduais que visam coibir principalmente o excesso de velocidade. O Detran adverte que os motoristas façam um check list antes de sair de casa, não ultrapassem os limites estabelecidos nas estradas, usem capacete, cinto de segurança e demais acessórios obrigatórios para que tenham um carnaval tranquilo.

Interior – Os 15 municípios que irão receber a Operação Carnaval 2018 contarão com 166 agentes de fiscalização, 45 viaturas e 25 motocicletas. As ações educativas serão promovidas em 37 municípios e distrito: Cametá, Tucuruí, Curuçá, Vigia, Marapanim, Bragança, Salinópolis e Distrito do Mosqueiro. Um efetivo de 24 agentes de educação promoverão as ações educativas durante o feriado.

CPC – O Centro de Perícias Científicas “Renato Chaves” disponibilizará equipes de peritos criminais e médicos legistas durante o período de carnaval, de 9 a 15 de fevereiro, nas localidades de maior fluxo de pessoas. As equipes, formadas por três peritos, um auxiliar técnico de perícia e um médico legista, ficarão de plantão 24h nos municípios de Cametá, Salinópolis e no distrito de Mosqueiro.

Os peritos garantirão serviços de perícias veicular, danos ao patrimônio, local de crime com ou sem cadáver, dosagem alcoólica, constatação de drogas e coleta de impressão digital. Já os médicos realizarão exames de lesão corporal e sexológico.

No município de Salinópolis, há uma base permanente do Centro de Perícias onde ficarão equipes também em regime de plantão 24h, garantindo a efetiva presença da perícia criminal e auxilio à autoridade policial. Nas cidades onde o Centro de Perícias disponibiliza unidades, Castanhal, Altamira, Marabá, Santarém, Abaetetuba, Bragança, Itaituba, Paragominas, Parauapebas e Tucuruí, o atendimento será normal, assim como em sua sede em Belém.

Atenção às unidades prisionais – A Superintendência do Sistema Penitenciário (Susipe), com o apoio da Polícia Militar, terá reforçada as rondas ostensivas nas proximidades dos Complexos Penitenciários de Marituba e Santa Izabel no período do carnaval, para a realização de incursões nas vias próximas dos Complexos e nas áreas de mata, durante o dia com o objetivo de coibir possíveis ações criminosas de tentativas de resgates a presos. Já durante a noite, uma tropa do Batalhão de Choque da PM pernoita nos Complexos para realizar rondas, além de atender ocorrências nos municípios. O CME realiza ainda o acompanhamento da tranca e destranca das celas nos presídios dos Complexos de Santa Izabel e Marituba (12 centros de detenção, no total).

A Susipe também solicitou à PM a realização da “Operação Sentinela do Norte”. Durante o período do carnaval, a Superintendência também irá reforçar os plantões de agentes penitenciários com escalas diferenciadas de trabalho nos Complexos de Marituba e Santa Izabel para intensificar a segurança e vigilância dos presídios - que, juntos, custodiam mais de 60% da população carcerária paraense.

O Graesp, por meio de um helicóptero, fará o monitoramento aéreo diariamente nos Complexos Penitenciários de Santa Izabel e de Marituba. Durante o dia, a aeronave fará sobrevoos e pousos programados e tem pousos programados no heliponto do Centro de Recuperação Penitenciário Pará III (CRPP III), considerado de segurança máxima. Nas Centrais de Triagem de Belém, policiais da Rotam realizam rondas ostensivas com ação de presença nos centros de detenção.

Graesp e GFlu

– O Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp) reforçará as ações de segurança com sobrevoos na área metropolitana e no interior do Estado, como nas cidades de Salinópolis, Altamira, Marajó, Redenção, Santarém, além das rodovias estaduais e federais. O trabalho será efetivado com o envolvimento de 50 agentes e aeronaves. O Grupamento Fluvial de Segurança Pública atuará com sete embarcações e um efetivo de 35 agentes com ações de patrulhamento fluvial e salvamento aquático na RMB, Salinas, Mosqueiro, Cotijuba, Vigia de Nazaré e Salvaterra.

(Colabração: Carla Moura)

Por Sérgio Chêne 


 

 

 

Pro Paz

 

 

Disque Denuncia

 

expresso pará - webmail

 

 

 

 

 

Copyright 2018 SEGUP - Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social

Endereço: Rua Arciprestes Manoel Teodoro, 305 - Batista Campos - Belém PA, CEP: 66023-700

Fone: (91) 3184-2500

E-mail:segup.ascom@gmail.com

Desenvolvimento: PRODEPA  Usando CMS livre - Drupal  Sítio Acessível