Remo vence o Paysandu de virada no primeiro clássico do ano

Voltar
O coronel Antônio Cavalcante, da Polícia Militar, avaliou bem o esquema de segurança montado para o clássico. “Não registramos grandes filas para a entrada”.

Agência Pará

Um jogo emocionante do início ao fim. Assim Remo e Paysandu construíram o primeiro clássico do Banparazão 2018, realizado neste domingo (28), no Estádio Olímpico do Pará.

Com 35 mil ingressos vendidos, nem a forte chuva que caiu na capital paraense impediu o belo espetáculo apresentado pelas duas maiores torcidas do Estado que encerrou com vitória, de virada, do Remo por 2x1.

Durante o primeiro tempo de jogo o Paysandu foi melhor e dominou a partida, mas só conseguiu abriu o placar aos 42 minutos do primeiro tempo após cobrança de escanteio e cabeçada forte de Diego Ivo. Na volta para a segunda etapa, o Remo esteve mais ligado e após toque de mão na área, empatou a partida em cobrança de pênalti convertido por Isac.

Quando o clássico se encaminhava para o fim e encerrar com empate, nos acréscimos, Elielton driblou a marcação, passou por vários jogadores do Paysandu e mandou para o gol, garantindo a vitória do Leão no primeiro clássico do ano.

Pré-jogo – Do lado de fora do Estádio, torcedores de ambos os clubes fizeram muita festa. Vários placares saíram na hora dos palpites, mas nenhum apontava para o empate. Pelo lado do Remo, Alicia Amador, que veio com toda a família, disse que apesar das dificuldades de locomoção quando a chuva se apresenta, não desistiu de ir ao Estádio. “A única dificuldade que passamos foi com a acessibilidade por conta da chuva, já que minha filha é portadora de necessidades especiais e se locomove por meio de cadeira de rodas. Mas nada disso nos impede de vir torcer pelo Leão”, comentou. Otimista em relação ao resultado da partida, ela cravou: “Será um placar favorável e sem nenhum gol do adversário, apesar de meu coração pedir logo um 4 x 0”, opinou sorrindo.

Do outro lado, o torcedor do Papão Paulo Vitor, também se mostrava confiante e otimista quanto ao time e apostou em um 2 x 0 contra o maior rival. Perguntado sobre a operação montada para garantir acessibilidade e segurança no acesso ao Estádio Olímpico, ele elogiou. “Procurei chegar cedo e não encontrei nenhum problema quanto ao acesso. Mas os torcedores precisam entender que não dá mais para sair em cima da hora, é o maior clássico da Amazônia, todo mundo quer vir e os ingressos foram todos vendidos, então tem que sair cedo mesmo, principalmente vendo que a chuva iria cair”, alertou.

Segurança – Quase 600 policiais militares participaram do esquema de segurança montado pela Secretaria de Segurança Pública para a partida deste domingo, que contou ainda com o apoio de 29 viaturas, 18 motocicletas e 18 cavalos. A operação envolveu ainda Corpo de Bombeiros, Ministério Público Estadual (MPE), Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), Secretaria de Economia do Município (Secon) e Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (SeMob).

O coronel Antônio Cavalcante, da Polícia Militar, avaliou bem o esquema de segurança montado para o clássico. “Sabemos que essa chuva toda foi um complicador, já que acabou deixando os ânimos dos torcedores mais alterados e diminuiu o comportamento cordial que a gente espera, mas mesmo apesar disso, não registramos nenhuma ocorrência. Não houve qualquer tumulto, quebra de portão, nada disso, os torcedores entraram sem fazer confusão também por conta do bom funcionamento do serviço de orientação do lado de fora e próximo aos portões de acesso. Não registramos grandes filas para a entrada”, explicou.

Gramado – Há três semanas o gramado do Mangueirão vem passando por uma revitalização completa, o que ajudou a melhorar suas condições. Apesar de muitos torcedores terem cogitado o adiamento do início da partida por conta da chuva forte, minutos antes o árbitro da Fifa, Marcelo de Lima Henrique (RJ), subiu ao gramado para avaliar suas condições e liberou a partida para iniciar pontualmente às 16 horas.

Outros resultados – Completando a quarta rodada do Banparazão 2018, o Paragominas venceu o Cametá por 2 x 0 também neste domingo (28). Já no sábado (27), São Raimundo e Independente empataram por 2 x 2; o Castanhal venceu o Bragantino por 1 x 0 e o Parauapebas venceu o Águia por 1 x 0.

 

Por Heloá Canali 


 

 

 

Pro Paz

 

 

Disque Denuncia

 

expresso pará - webmail

 

 

 

 

 

Copyright 2018 SEGUP - Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social

Endereço: Rua Arciprestes Manoel Teodoro, 305 - Batista Campos - Belém PA, CEP: 66023-700

Fone: (91) 3184-2500

E-mail:segup.ascom@gmail.com

Desenvolvimento: PRODEPA  Usando CMS livre - Drupal  Sítio Acessível