Policiais prendem acusados de tráfico de drogas em Portel

Voltar
Denúncias também levaram as equipes das Polícias Civil e Militar a realizar a apreensão de dez quilos de “barrilha”, substância química usada na mistura da pasta-base de cocaína.

Agência Pará de Notícias.

As Polícias Civil e Militar prenderam, nos últimos quatro dias, três homens e apreenderam dois adolescentes por envolvimento com o tráfico de drogas, no município de Portel, no arquipélago do Marajó. As prisões foram realizadas entre os dias 1º e 4 deste mês. Com os presos foram encontradas drogas e uma arma de fabricação caseira, além de apetrechos usados na venda de entorpecentes e 10 quilos de “barrilha”, produto químico usado na fabricação da pasta-base de cocaína, que foram apreendidos.

Segundo o delegado Paulo Junqueira, titular da Delegacia de Portel, as prisões e apreensões são resultado do trabalho integrado policial para combater o tráfico de drogas na sede do município e na região. Nesta quarta-feira, 4, de madrugada, foram presos em flagrante Alex Palheta Nunes e Thiago Palheta Moura. Com eles estavam também dois adolescentes que eram aliciados para a venda de drogas na cidade. Os traficantes utilizavam uma casa localizada no bairro Cidade Nova como ponto de comércio. No local, foram encontradas nove "petecas" de maconha, 14 "pedras" de crack de tamanho pequeno e uma com peso de cerca de quatro gramas.

Durante a revista na casa, também foram apreendidas duas armas de fogo de fabricação caseira, três tubos de pólvora e três cartuchos de calibres 24, 32 e 36, além de dois rolos de papel-alumínio, utilizado para embalar as drogas para venda. Alex Palheta e Thiago Palheta foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico, porte ilegal de arma e corrupção de menores. Os dois estão recolhidos à disposição da Justiça em Portel. Já os adolescentes irão responder por tráfico de drogas e foram encaminhados ao Ministério Público para as medidas cabíveis.

Barrilha

Denúncias também levaram as equipes das Polícias Civil e Militar a realizar a apreensão, nesta quarta-feira (4), de dez quilos de “barrilha”, substância química usada na mistura da pasta-base de cocaína. O produto foi encontrado, após uma revista, dentro de sacos plásticos em uma embarcação. O delegado Paulo Junqueira, titular da Delegacia de Portel, informa que segundo as denúncias anônimas, o barco partiu de Macapá, no Amapá, com destino a Portel transportando drogas ilícitas.

As investigações iniciaram por volta das 7 horas da manhã, quando os agentes receberam as denúncias. Por volta das 10 horas, os policiais localizaram a embarcação, que estava abandonada. "O material encontrado é uma sustância química utilizada na produção de entorpecentes que, ao ser misturada com 'crack' e outros produtos químicos, resulta na pasta-base de cocaína", detalha o delegado. Os agentes não conseguiram identificar o dono do produto. As investigações continuarão até o proprietário do material ser identificado para responder pelo crime de tráfico de drogas.

Outro flagrante

No dia 1º de outubro, policiais civis de Portel prenderam em flagrante Jadiael Ribeiro Fernandes, conhecido como Jael, por tráfico de drogas. Após uma revista na casa dele, os policiais encontraram 31 "petecas" de maconha e um papelote de pasta-base de cocaína. Além das drogas, foi apreendido um rolo de papel-alumínio que era usado para embalar a droga para ser comercializada. O flagrante ocorreu por volta de 1 hora da madrugada, após recebimento de informações que resultaram na investigação sobre a venda de entorpecentes no local. O dono da casa foi autuado em flagrante pelo crime e está recolhido para responder na Justiça.

Por Walrimar Santos 


 

 

Pro Paz

 

 

Disque Denuncia

 

expresso pará - webmail

 

 

 

 

 

Copyright 2017 SEGUP - Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social

Endereço: Rua Arciprestes Manoel Teodoro, 305 - Batista Campos - Belém PA, CEP: 66023-700

Fone: (91) 3184-2500

E-mail:segup.ascom@gmail.com

Desenvolvimento: PRODEPA  Usando CMS livre - Drupal  Sítio Acessível