Início » Grupamento Aéreo de Segurança comemora 7 anos de fundação

Grupamento Aéreo de Segurança comemora 7 anos de fundação

O Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp), vinculado à Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) completou hoje sete anos de criação, com números proporcionais a sua importância. Somente neste ano, mais de 1.800 atendimentos foram realizados pelos aeromédicos da equipe, que atuaram em operações policiais, buscas e resgates, entre outros. Além disso, foram totalizando mais de 2 mil horas de vôo que beneficiaram a população em todas as regiões de integração do Pará. 

Para comemorar a data, nesta sexta-feira (28), os 96 militares atuantes no grupamento participaram da entrega de medalhas aos servidores condecorados  pelos 10 e 20 anos de bom serviço, além do mérito pessoal. A programação foi realizada no Hangar do Graesp, localizado próximo ao Aeroporto Internacional de Belém.

“O trabalho que o Graesp vem desenvolvendo ao longo desses 7 anos foi muito além de atuar em operações policiais de repressão, combatendo o crime. Em um estado como o Pará o breve atendimento do grupamento fez a diferença na vida de muitas pessoas que necessitavam de um deslocamento rápido para receber atendimentos médicos. O crescimento com a aquisição de aeronaves e a união com os outros órgãos estaduais fizeram e permanecem fazendo com que o trabalho seja exitoso”, destacou o diretor do Graesp, Marlon Francez.

Dentre os destaques nos serviços prestados pelo grupamento está o transporte aeromédico, que resultou em 98 remoções de vítimas do interior estado, encaminhadas para hospitais regionais, sendo a região do Marajó o maior ponto de partida. Houve também apoio ao policiamento urbano, atuação em bloqueio de rodovias, reintegração de posse, roubo com refém, etc.

Durante o evento também houve a solenidade de passagem das aeronaves pertencentes ao Graesp ao novo secretário de segurança pública, o delegado Ualame Machado, feito pelo atual titular da pasta, Luíz Fernandes. Quando criado, o Graesp era composto por apenas uma aeronave e atualmente conta com 10, sendo nove tripuláveis e uma não tripulável. Das nove, seis são helicópteros e três são aviões. A não tripulável é conhecida como RPA (Aeronave Remotamente Pilotada).

A solenidade demonstra a transparência, o comprometimento e a tranquilidade no processo de transição da gestão que já contou com a presença do novo gestor em reuniões e eventos institucionais, desde que foi anunciado.

Luiz Fernandes comemorou os avanços e conquistas alcançadas ao longo desse período. “O Graesp foi criado em Lei no ano de 2011, somando todos os esforços, da Polícia Civil, Militar, Bombeiros, todo o sistema de segurança pública no grupamento. Antes nós tínhamos uma aeronave e hoje nove que fazem um trabalho desconcentrado em todo o Estado, com aeronaves em Marabá, Altamira, Belém que atende a todas as regiões. O grupamento aéreo cresceu bastante e não poderia ser diferente com um estado como o nosso e as dimensões e logística que possuímos, trabalhando sempre com interação. O sistema de segurança cresceu muito como um todo, mas essa área do grupamento aéreo e fluvial são áreas que tem dado uma resposta muito efetiva para o Estado”, destacou.

Por Aline Saavedra