Início » Governador participa de solenidade pelo aniversário do Corpo de Bombeiros

Governador participa de solenidade pelo aniversário do Corpo de Bombeiros

Representantes de todas as forças de segurança do Estado, inclusive nacionais, estiveram na solenidade

 

O Corpo de Bombeiros Militar do Pará completou nesta sexta-feira, 23, seu 136º aniversário. Uma solenidade no Quartel General da corporação, em Belém, marcou a data. A cerimônia contou com a presença do governador do Estado, Simão Jatene. “O trabalho silencioso e muitas vezes sem qualquer reconhecimento prestado pelos Bombeiros deve ser motivo de orgulho para todos nós, paraenses”, disse o governador à tropa.

Representantes de todas as forças de segurança do Estado, inclusive nacionais, estiveram na solenidade, que teve como ponto alto a entrega de medalhas de 10 e 20 anos aos membros da corporação, por bons serviços prestados, além da outorga da medalha de Defesa Civil para personalidades militares e civis.

O CBMPA se destaca entre outras corporações nacionais. É a quarta mais antiga do Brasil e a sexta com maior número de militares. Seu efetivo com mais de três mil bombeiros atua em 38 unidades operacionais espalhadas por 24 municípios. “Num estado de enormes proporções geográficas como é o Pará, muito nos orgulha desenvolver, centenariamente, um trabalho de qualidade”, disse o coronel Zanelli Nascimento, comandante do Corpo de Bombeiros.

“Bombeiros superam seus instintos para salvar vidas e fazem dessa farda uma das mais honradas, não somente no Pará, mas em todo o mundo, disse o governador Simão Jatene. 

A cerimônia foi finalizada com desfile da tropa com os pelotões formados por militares combatentes, socorristas, guarda-vidas, a banda de música do CBM, os cadetes do curso de formação de oficiais, o Programa Escola da Vida e o desfile motorizado com viaturas de combate a incêndios, ambulâncias e motocicletas. 

História - A história do Corpo de Bombeiros no Pará  começa em 1882, quando o Imperador D. Pedro II, preocupado com a grande quantidade de incêndios na então província, determinou ao Corpo de Bombeiros da corte que enviasse uma guarnição com equipamento para implantar o serviço de prevenção e combate a Incêndio no Grão-Pará.

Em 24 de novembro de 1882, o Doutor Justino Carneiro, presidente da Província, assinou o ato criando oficialmente a companhia de bombeiros, tendo como primeiro comandante o Capitão Antônio Veríssimo Ivo de Abreu. Nascia então a Corporação do Soldado do Fogo.

Mas foi no Governo do Intendente Antônio Lemos que o crescimento e aparelhamento do CBMPA ocorreram de forma grandiosa.  Com a nova Constituição Federal de 1988 e a Constituição Estadual de 1989, o Corpo de Bombeiros Militar do Pará, ganhou autonomia como corporação independente, tendo em seu artigo 200 as suas atribuições constitucionais voltadas à prestação de serviços á sociedade.

 

Por Luiz Carlos Santos