Início » Estado reforça segurança com lancha do Grupamento Fluvial em Algodoal

Estado reforça segurança com lancha do Grupamento Fluvial em Algodoal

 

A ilha de Algodoal, pertencente ao município de Maracanã, recebeu, na manhã desta sexta-feira (5), uma lancha do Grupamento Fluvial (GFlu), vinculado à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup). Essa é a primeira vez que a localidade conta com o aparato de segurança deste tipo. A lancha já está sendo utilizada no policiamento preventivo e ostensivo, na localidade.

A entrega do equipamento ocorreu em frente ao porto da ilha e contou com a presença do representante do CPR III, Superintendência da Região do Salgado, da Polícia Civil, vereadores e populares.

"Estamos tornando real uma necessidade grande, que é possibilitar meio de se locomover para as pessoas que trabalham com a segurança aqui, pois, dependo da maré, não é possível se deslocar até a cidade, ou até mesmo internamente", ressaltou o secretário de Segurança Pública, Ualame Machado.

Patrick Luz costuma visitar Algodoal constantemente. Para ele, a ilha é um local seguro, mas o fato de ter os agentes de segurança pública por perto, fica ainda melhor. "Ter uma lancha aqui é uma iniciativa positiva, pois traz segurança tanto pra quem vem visitar, vem a trabalho e pra quem mora aqui. Todos ganham e passam a se sentir mais seguros", disse.

A lancha tipo voadeira, possui motor 60HP, e é caracterizada para a utilização do sistema de segurança pública. Com a entrega do equipamento, o policiamento no local será reforçado e o deslocamento da tropa, bem como o de pessoas detidas, ocorreram com mais facilidade e segurança.

Francisco Chagas é morador da ilha, trabalha como carroceiro, e disse que, pela primeira vez, a população local está sendo observada. "No verão, muita gente vem pra cá. Precisa ter a polícia, e eles precisam ter como trabalhar, assim como cada um de nós. Agora, a gente percebe que estão olhando pra gente", ressaltou.

Durante a entrega, o comandante do 5° Batalhão de Polícia Militar, que abrange Algodoal, coronel Marcelo Costa, demonstrou a satisfação de contar com mais um instrumento para inibir a violência. "Há tempos, apresentei essa demanda que hoje está sendo materializada. É um avanço importantíssimo para a polícia e para todos os moradores locais. É um passo significante na diminuição dos índices e peço a participação da população nesse processo de combater a ação de criminosos, denunciando pelo 181, o Disque Denúncia", concluiu.

Por: Aline Saavedra/ Foto: Ascom Segup