Início » Diversão e segurança marcam folia no pré-carnaval da Cidade Velha

Diversão e segurança marcam folia no pré-carnaval da Cidade Velha

Os foliões vêm lotando as ruas da Cidade Velha ao longo dos últimos finais de semana do pré-carnaval, em Belém. Milhares de pessoas se encontram no corredor da folia na avenida Doutor Assis, local por onde passam as dezenas de blocos. Mas para que os participantes tenham momentos de entretenimento sem nenhum tipo de risco, foi montado um forte esquema de segurança para garantir a paz dos festejos.

Cerca de 300 agentes de segurança estão à disposição da programação, que vai até o dia 24 de fevereiro e movimenta, aproximadamente, 10 mil pessoas por final de semana. O esquema conta com apoio da Guarda municipal, Detran e Bombeiros, tudo para garantir organização e tranquilidade para quem vai se divertir.

O tenente-coronel Franco, comandante do policiamento na operação, explicou um pouco como funciona o trabalho dos agentes. "Só hoje (10), estamos com 140 policiais do início do evento na Praça da Sé até a dispersão na Tamandaré, com 10 viaturas. Ficamos distribuídos ao longo de todo o percurso com 14 patrulhas e 6 pontos de observação suspenso. Os resultados estão bem satisfatórios, estamos tendo poucas ocorrências. Neste final de semana ainda não tivemos nenhuma, por exemplo", disse.

A empresária Tuane Valente, que reuniu um grupo de amigas para curtir os blocos da Cidade Velha, diz que nunca se sentiu tão tranquila para aproveitar. "Nosso grupo tem um lema de liberdade de expressão. Estamos aqui para fugir do padrão, cada uma usa aquilo que quer e sem olhares maldosos. Por conta disso, e pelo fato de sermos mulheres, sofremos alguns ataques nas redes sociais, com xingamentos e preconceitos. Viemos para cá um pouco receosas, mas quando chegamos e vimos como está funcionando a organização, nos sentimos logo mais seguras. Para onde a gente olha tem policiamento, estamos sendo muito bem amparadas", comentou a foliã.

Segundo o Corpo de Bombeiros, não aconteceu nenhum incidente ou ocorrência mais grave ao longo das semanas. "Nosso trabalho aqui é em cima de alguma situação de pânico ou ajuda com primeiros socorros. Mas felizmente está tudo muito tranquilo. Tivemos apenas questões como cortes ou lesões leves. Tudo está ocorrendo da melhor forma possível", explicou o major João Pinheiro.

Para quem é privilegiado e tem sua sacada como camarote da folia, o carnaval é um momento especial, como avalia a moradora da Cidade Velha, Adélia Barros. 

"Essa alegria do carnaval é maravilhosa. Esse é o momento que conseguimos reunir a família e os amigos para brincar e dançar todos os finais de semana. Estou gostando que a segurança está maravilhosa, mas não só isso, a educação das pessoas também, podem ver que todos estão procurando os banheiros químicos. Outra coisa que está muito bom são os primeiros socorros pra quem passa mal. A gente fica muito feliz com toda essa organização”, concluiu. 

Por Raphael Graim

Agência Pará de Notícias