Início » Com mais de 50 câmeras de segurança, Ciop vai monitorar Trasladação e Círio

Com mais de 50 câmeras de segurança, Ciop vai monitorar Trasladação e Círio

Centro Integrado de comando e controle

As duas principais procissões da Festividade de Nazaré – a Trasladação, na noite de sábado (13), e o Círio, na manhã de domingo (14) – serão totalmente monitoradas pelo Centro Integrado de Operações (Ciop), que juntamente com a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) montou o Centro Integrado de Comando e Controle (Cicc), na Praça Santuário de Nazaré, em frente à Basílica.

O local tem um serviço de videomonitoramento com 52 câmeras de segurança, operadas ininterruptamente desde o início da Operação Círio 2018. Segundo o diretor do Ciop, coronel PM Mauro Barbas, o objetivo “é reforçar a segurança na quadra nazarena integrando as instituições do Sistema de Segurança Pública, de modo a observar atitudes suspeitas e agir com proatividade”.

Por meio de um mapa estratégico de câmeras, o Ciop vai observar os trajetos das romarias e arredores, especialmente de sexta-feira (12) a domingo (14), quando o Cicc estará com representantes de todos os órgãos de segurança pública, centralizando informações, coordenando e operacionalizando as ações de segurança.

Ainda de acordo com o coronel Mauro Barbas, o Ciop disponibiliza para o Cicc o Sistema Digifort de videomonitoramento online, em tempo real, de câmeras instaladas na Região Metropolitana de Belém, e também o acesso ao sistema Sisgraph I-CAD, que permite o acompanhamento de ocorrências geradas e despachadas, proporcionando contato direto com as guarnições em vias públicas.

“A estrutura do Cicc é para uso geral de autoridades do Sistema de Segurança Pública do Pará. O Ciop é um órgão integrador, e a nossa meta é manter a organização e oferecer o uso dos recursos que temos no Centro, com o intuito de somar com as ações estratégicas do Sistema de Segurança Pública e manter a paz e a ordem social”, acrescentou o coronel.

Além do plantão no Cicc, o Ciop continua o videomonitoramento geral da RMB na sede do Centro, no bairro da Cidade Velha, além do atendimento de ligações de números internacionais 911 e 112, também na central, para urgência e emergência.

Reforço - A Central de Chamadas do Ciop 190 também foi reforçada, a fim de manter a qualidade do serviço e ampliar o atendimento durante a festividade. A Central de Chamadas, que está configurada para receber ligações de aparelhos internacionais, tem 12 pontos para chamadas 190, nos quatro turnos, a fim de atender o maior número possível de ligações.

Foram acrescentados ainda dois pontos de rádio operadores no despacho de guarnições, os quais estão disponíveis para comunicação direta com as viaturas durante a Romaria Rodoviária, Motorromaria, Trasladação e o Círio.

O funcionamento interno do Ciop é diário e sem interrupção, com o serviço de militares estaduais e colaboradores civis, que trabalham em escalas e turnos de seis horas por dia, em ambiente de acesso restrito. O funcionamento inicia quando o cidadão aciona o Centro pelo contato telefônico, via 190, ou quando o operador de câmeras registra algum flagrante e/ou atitude suspeita pelo sistema de videomonitoramento.

No interior do Pará o Ciop mantém os serviços por meio dos Núcleos Integrados de Operações (Niops) nos municípios de Altamira, Castanhal, Capanema, Salinópolis, Conceição do Araguaia, Marabá e Santarém, atendendo a todas as regiões do Estado.

 

Por Edenice Freire