Susipe intensifica revistas com a Operação Sentinela do Norte

Voltar
A Operação Sentinela do Norte é realizada nos complexos penitenciários de Marituba e Santa Izabel do Pará, na Região Metropolitana de Belém, a fim de apreender objetos ilícitos e frustrar possíveis planos de fuga

Agência Pará de Notícias

A Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe), em parceria com a Polícia Militar, realiza desde quarta-feira (7) a Operação Sentinela do Norte, nos complexos penitenciários de Marituba e Santa Izabel do Pará, na Região Metropolitana de Belém. O objetivo das revistas estruturais nas unidades prisionais é apreender objetos ilícitos e frustrar possíveis planos de fuga, encontrando escavações nas celas. A ação faz parte da Operação Carnaval 2018, coordenada pela Secretaria de Estado Segurança Pública e Defesa Social (Segup).

As revistas começaram na última quinta-feira (1º) no Complexo Penitenciário de Marituba. No Presídio Estadual Metropolitano I (PEM I) cerca de 30 policiais militares entraram na casa penal para uma revista minuciosa em todos os blocos carcerários. O diretor da unidade prisional, tenente-coronel Emerson Barbosa, informou que a operação é fundamental para manter a tranquilidade nas unidades prisionais.

“Geralmente, quando realizamos uma operação como essa o resultado é sempre positivo, pois conseguimos desarticular qualquer possível plano de fuga, especialmente em um período de feriado, como o Carnaval. Hoje conseguimos apreender uma quantidade significativa de armas brancas. Felizmente, nenhum túnel ou escavação foi encontrado durante a revista. Mesmo assim vamos intensificar o monitoramento e a vigilância até a Quarta-feira de Cinzas”, disse o diretor.

Nesta quinta-feira (8), a Operação Sentinela continua em unidades prisionais do Complexo de Santa Izabel. Entre os principais objetos ilegais encontrados estão celulares, baterias, carregadores, estoques e drogas. Nenhuma arma de fogo foi encontrada.

Rondas ostensivas - “Além das revistas estruturais, intensificaremos também as rondas ostensivas nas proximidades dos complexos penitenciários de Marituba e Santa Izabel, com o apoio da Polícia Militar, que irá realizar incursões nas vias próximas aos dois complexos e nas áreas de mata. O objetivo é coibir possíveis ações criminosas e tentativas de resgates a presos. Durante a noite, uma tropa do Batalhão de Choque da PM pernoita nos dois complexos”, explicou o coronel Wilson Araújo, diretor de Administração Penitenciária da Susipe.

Atualmente, os complexos penitenciários de Marituba e Santa Izabel do Pará custodiam cerca de 60% da população carcerária do Estado, e por isso irão concentrar o maior efetivo de policiais para o reforço na segurança das unidades prisionais durante a Operação Carnaval 2018.

“A partir desta sexta-feira (09), até quarta-feira (14), o Batalhão de Policiamento Operacional Penitenciário (BPOP) também vai aumentar o efetivo nos complexos de Marituba e Santa Izabel. O Comando de Missões Especiais (CME) da Polícia Militar realizará o acompanhamento da tranca e destranca das celas nos 12 presídios dos complexos. A Susipe também irá reforçar os plantões de agentes penitenciários com escalas extraordinárias, para intensificar a segurança e vigilância dos presídios”, acrescentou o coronel Mauro Matos, diretor-geral Penitenciário da Susipe.

Durante a Operação Carnaval 2018, a Susipe contará ainda com apoio do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp), para reforçar ações de monitoramento aéreo nas unidades prisionais da Região Metropolitana de Belém e do interior.

“Um helicóptero realizará sobrevoos programados nos dois complexos, com pousos programados no heliponto do Centro de Recuperação Penitenciário Pará III (CRPP III), considerado de segurança máxima. Nas centrais de Triagem de Belém também receberemos o apoio de policiais da Ronda Ostensiva Tático Metropolitana (Rotam), que realizarão rondas ostensivas com ação de presença nos centros de detenção. Nosso objetivo é garantir a normalidade em todas as unidades prisionais do Estado durante o Carnaval”, reiterou o coronel Mauro Matos.

Por Timoteo Lopes

 


 

 

 

Pro Paz

 

 

Disque Denuncia

 

expresso pará - webmail

 

 

 

 

 

Copyright 2018 SEGUP - Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social

Endereço: Rua Arciprestes Manoel Teodoro, 305 - Batista Campos - Belém PA, CEP: 66023-700

Fone: (91) 3184-2500

E-mail:segup.ascom@gmail.com

Desenvolvimento: PRODEPA  Usando CMS livre - Drupal  Sítio Acessível