Início » ‘Arcanjo’ intensifica combate à criminalidade em três bairros de Belém

‘Arcanjo’ intensifica combate à criminalidade em três bairros de Belém

As ações foram concentradas nos bairros do Tapanã, Bengui e Pratinha, localizados na área do 24º Batalhão da PM.

 

Mais de 150 agentes de segurança pública realizaram a megaoperação Arcanjo, em Belém, na quinta-feira (8), sob a coordenação geral do Comando de Policiamento da Capital (CPC I) da Polícia Militar. Nesta edição, as ações foram concentradas nos bairros do Tapanã, Bengui e Pratinha, localizados na área do 24º Batalhão da PM. As tropas reforçaram o patrulhamento com ações policiais ostensivas e repressivas de enfrentamento à criminalidade.

A operação visa reduzir os índices de crimes e ocorrências registrados, como roubos e homicídios, retirar criminosos de circulação, reprimir práticas delituosas e assegurar a ordem e o bem-estar da população. Além de abordagens, também foram fiscalizados veículos particulares e motocicletas.

Para a presidente do Conselho de Segurança Comunitário do Tapanã (Conseg II), Aracélia Cavalcante, a operação Arcanjo aproxima a polícia da comunidade, contribuindo para a interação com as autoridades da área de segurança pública, principalmente no bairro do Tapanã, que possui mais de 70 mil habitantes. “Essa é uma excelente oportunidade para os moradores realizarem denúncias, reclamações e sugerirem ações para a melhoria da nossa proteção e segurança”, frisou a líder comunitária.

O coronel Luiz Carlos Rayol de Oliveira, titular do CPC I, informou que a operação está sendo feita regularmente na Região Metropolitana de Belém. “Nós percebemos, por meio do mapeamento criminal, que as ocorrências se elevaram e estamos voltando ao Tapanã para dar uma resposta efetiva à sociedade, intensificando ainda mais o combate à criminalidade. Nosso compromisso é com resultados efetivos e com o objetivo de trazer paz e tranquilidade aos moradores da comunidade local”, ressaltou o comandante.

Após denúncias, as equipes da Rotam e do major PM José Fernandes de Lima Neto, subcomandante do 24° BPM, realizaram a prisão de Ivo Moraes da Conceição, que estava foragido do Sistema Penitenciário do Estado. Ele foi detido no bairro do Bengui e apresentado na Unidade Integrada Pro Paz (UIPP) do Tapanã, onde foi aberto procedimento investigatório pela equipe da Polícia Civil que estava atuando na operação.

Em seguida, a equipe do Tenente PM Luiz Paulo iniciou o acompanhamento de um veículo, onde estavam três homens suspeitos de praticar assaltos nos bairros do Tapanã e Marambaia. As viaturas da Comando de Policiamento da Capital I e Rotam realizaram o cerco policial, que terminou na rua principal do Conjunto Panorama XXI. Dois homens foram detidos e o terceiro tentou fazer um refém num salão de beleza, mas não obteve êxito. Após a prisão, os policiais constataram que o veículo havia sido roubado. Todos os envolvidos foram apresentados na UIPP Tapanã.

Durante a Operação Arcanjo um mandado de prisão foi cumprido, 24 motocicletas, 1 taxi e 2 veículos particulares foram apreendidos. Além disso, foram realizados 60 autos de infrações de trânsito. A polícia também recuperou uma motocicleta, que supostamente havia sido utilizada pelos acusados de terem assassinado um policial militar reformado, na noite da última quarta-feira, 7.

O comandante do CPC I solicitou aos moradores do bairro que utilizem o Disque Denúncia (181) para fornecer informações sobre os crimes que ocorrerem na área. “Este é um canal de comunicação direto com a população, que pode fazer suas denúncias com absoluta garantia de sigilo e anonimato”, afirmou o coronel Rayol.

A operação teve a participação de policiais militares do CPC I, Comando de Missões Especiais (Rotam, Batalhão de Choque e Regimento de Polícia Montada), Polícia Civil e agentes da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) e Guarda Municipal de Belém (Gbel), com o apoio de  30 viaturas e 25  motocicletas.

Por Lene Alves